Escutem Belle of the West da Samantha Fish


Samantha Fish é uma das minhas vocalistas preferidas da atualidade e ainda não vimos todo seu potencial. Acompanho a carreira dela desde 2011, ano que ela debutou no mundo da música com o ótimo "Runaway", e sua evolução é visível, seja como guitarrista, vocalista ou compositora. Quando escutei "Chills & Fever" alguns meses atrás, a coisa que mais me chamou atenção foi o fato da sua guitarra perder importância nas canções e da sua voz se tornar o centro das atenções.

Se você pegar qualquer faixa de seu álbum anterior, "Wild Heart", irá perceber que a voz da Samantha voz é destaque em todas as canções, mas a guitarra é um instrumento que se destaca o tempo todo e é uma peça importante no seu som. Eu achava que essa mudança era algo de momento, uma experiência que ela quis fazer em "Chills & Fever", que foi muito bem sucedida, mas que ainda não seria adotada em um álbum autoral. Me enganei muito, mas não estou odiando essa mudança, pelo contrário, me adaptei perfeitamente a essa "nova" Samantha Fish.

"Eu nunca serei um artista de Blues tradicional, porque isso não é o que eu sou", afirma Fish. "Mas o Blues é tudo para mim. Quando Muddy Waters e Howlin 'Wolf saíram, o que eles estavam fazendo não se parecia com nada que tivesse sido feito no Blues antes. Você deve manter esse tipo de fogo e espírito. Eu nunca vou fazer melhor do que Muddy Waters, então eu tenho que ser quem eu sou e encontrar a minha melhor voz".

E ela conseguiu! Como um antigo fã, não tenho dúvidas, "Belle of the West" é seu melhor trabalho, suas composições estão mais maduras e profundas, a instrumentação está mais diversificada e sua voz é um espetáculo a parte. Escutem sem medo.

Tecnologia do Blogger.