O infinito criativo e o som de Robert Cray


Poucos artistas podem ser enquadrados em inúmeros adjetivos pela sua competência em entregar trabalhos de uma qualidade imensurável.

Excelente cantor e compositor, guitarrista completo, dono de um feeling, sons únicos e de uma discografia de respeito, respeitado no cenário musical, fonte inesgotável de inspiração que vai além do Blues e percorre o Jazz, o Soul e o Rock. Estou falando de Robert Cray!

Robert Cray deixou de ser expoente da nova safra do Blues e já tornou-se realidade, sendo figura carimbada entre os maiores mestres do Blues. Não à toa, recebeu o título honroso de "Guardião do Blues" por Eric Clapton.

Mas Robert Cray e seu som formam uma entidade que transcende o Blues e passa com maestria por outros ritmos, mostrando todo o talento e arsenal musical que ele possui. O som limpo da guitarra de Cray torna fácil sentir seu feeling e faz com que seu som fique facilmente registrado em nossa memória.

‌Suas composições são inspiração infinita e muitas de suas canções foram regravadas por grandes artistas, entre eles, Eric Clapton e Albert Collins. Robert Cray também coleciona trabalhos em conjunto com outros artistas, como a formação do álbum "Showdown!" junto de Johnny Copeland e Albert Collins e uma participação no álbum "Boom Boom" do mestre John Lee Hooker, por exemplo.

‌Robert Cray esteve presente na Jam do festival de Alpine Valley, tocando com Eric Clapton, Jimmie Vaughan e Stevie Ray Vaughan. Esse seria o último show antes do acidente aéreo que vitimou Stevie Ray Vaughan e nos tirou dessa dimensão um dos maiores guitarristas existentes.
‌A rica discografia de Robert Cray merece ser explorada, destrinchada música por música para que o ouvinte ateste todo o talento dele. Sua obra se inicia no disco "Who's Been Talikn'?" mas os grandes sucessos de Robert Cray vieram inicialmente com os discos "False Accusations" e "Bad Influence", ainda nos anos 80. O som de "Smokin' Gun" lhe rendeu um Grammy de melhor cantor.
‌Os anos 80 serviram para firmar os passos de Robert Cray rumo ao sucesso que viria nas décadas seguintes. A prova disso é a criação e composição dos excelentes discos "Strong Persuader" e "Don't Be Afraid The Dark".
‌A consolidação de seu som que viria nos anos 90 rendeu ótimos álbuns, dentre os quais, cito "I Was Warned", cuja canção título do disco remete um Blues Jazz com influências latinas e um som de guitarra incrível.
‌E Robert Cray não parou no tempo. Ótimos discos não faltam: "Midnight Stroll", "Shame + A Sin", "Some Rainy Morning", "Take Your Shoes Take Off", "Sweet Potato Pie", "Shoulda Been Home", "Twenty", "Nothin' But Love", "In My Soul" e o mais recente, "Robert Cray & Hi Rhythm" merecem destaque e o ouvido do leitor.

‌Robert Cray também rendeu excelentes apresentações ao vivo, ao quais nos agraciou com vários discos, entre os quais, destaco o "Live At BBC", "Live From Across The Pond", "Cookin' In Mobile" e "4 Nights of 40 Years Live".
Toda essa discografia mostra a versatilidade da voz e do som de Robert Cray. Com uma carreira rica, Robert Cray segue trilhando e ditando as novas tendências do Blues. 


A obra de Robert Cray atesta seu infinito criativo. Poucos músicos possuem tamanha habilidade para compor excelentes trabalhos em espaços de tempos bem curtos para os padrões do Blues.

Robert Cray agrega a solidez, a paixão e o sentimento de sua devoção pelo Blues através de suas canções, que nada mais são do que diamantes lapidados para a música. De fato, Robert Cray é uma jóia rara do Blues. 

Temos a sorte de um músico talentoso e sedento por ótimas composições entre nós. Robert Cray merece toda a atenção e um espaço nos artistas favoritos do leitor. Ao que tudo indica, veremos os frutos de todo o trabalho de Robert Cray renderem por muitas décadas à seguir e isso é bom. Vida longa ao Guardião do Blues. Vida longa à Robert Cray!

Dil Genova tem 28 anos, mora em São Paulo, é um rockeiro, blueseiro, cervejeiro e Engenheiro de Software em tempo integral. Fã de Blackberry Smoke, Allman Brothers Band e Lynyrd Skynyrd, Dil escreverá sobre Blues e Rock aqui no Southern Rock Brasil sempre que puder.
Tecnologia do Blogger.