Reflexões de um One Man Band - Malandro Agulha


Malandro agulha é o cara que se acha muito esperto, mais esperto do que a todo mundo e que tem solução para tudo, porém todas as suas tentativas de resolver situações causam mais problemas. Usando a analogia do próprio nome Malandro agulha é o cara que só deixa furo e vive enrolado (tal qual uma agulha que só serve pra fazer furo e vive enrolada no carretel)
Fonte: Dicionário Informal

Já que o tema desses dias é a corrupção, resolvi trazer esse tema afinal, quem nunca conheceu um malandro agulha?

Em meio a tantas falácias do malandro agulha, jamais se ouve sobres seus tropeços, sua vida é sempre sucesso absoluto e quando suas mancadas entram na conversa, com a eximia manobra de um orador experiente, ele sempre arruma um jeito de se sair bem.

Na fala do malandro agulha só se ouve sobre valores morais, a ética, o amor ao próximo, a generosidade sem medida e seu discurso serve com prelúdio ao golpe, pois ele não está preocupado em demonstrar coerência entre suas ações e convicções. Seu foco é sempre voltado para os outros, ele faz o tipo "Faça o que eu digo, não faça o que eu faço", mesmo que uma das suas primazias seja nunca admitir isso.

A maior arma do malandro agulha é o politicamente correto por isso, ele sempre colocará em cheque seus valores morais, ele é um falso apostolo, que constrange as pessoas ao seu redor não com o intuito de causar reflexão e sim tirar proveito disso.

O malandro agulha gosta muito de fazer suposições endereçadas às pessoas que ele pretende engabelar. Ele sempre chega com sutis artimanhas a fim de deixar suas vítimas nas condições ideais para o ataque certeiro. Observe o exemplo abaixo:

- Se o seu melhor amigo fosse se apresentar no show da vida dele e estivesse precisando de uma guitarra, você emprestaria? Note que o Malandro agulha se coloca como melhor amigo mesmo não sendo, pois, o argumento emotivo costuma funcionar. Então seu colega responde:

- Claro que sim, qualquer um emprestaria, é o show da vida do meu melhor amigo.

- Então me empresta a sua guitarra, pois amanhã eu toco no Bar da Praça? O nome Bar da Praça representa aqui um estabelecimento qualquer. Percebeu? Seu esquema é sempre ardiloso, premeditado, é um passo a passo muito bem construído.

Raramente você verá essa espécie atuando em grupo, suas ações geralmente são solitárias para evitar ser pego em ação. Preferem se infiltrar em grupos defensores da ética, da moral, da honestidade, da generosidade e por isso é muito fácil encontra-los em ambientes eclesiásticos, onde abunda uma ingenuidade muito perigosa. Também há uma grande incidência na classe artística, pois de tempos uma nova geração surge cheia de esperança e disposição para divulgar seu trabalho e por isso, constantemente se tornam presas fáceis destes canalhas e também de outras espécies oriundas da mesma família.

Por isso meu amigo, nunca tente provar seus valores morais para um malandro agulha, pois se cair em sua rede será muito provável que ele consiga arrancar muita grana de você. E não poderia deixar de citar a pior das fatalidades, nunca aceite o favor de um malandro agulha, essa alternativa seria pior do que um pacto com um pé preto, pois sempre custa muito mais caro do que você imagina.

Ari Frello
Ari Frello é guitarrista, violonista, gaitista, cantor, compositor, produtor musical e professor de música. Está na estrada desde 2008 e se tornou conhecido por seu trabalho como "One Man Band". Já lançou três álbuns autorais e já trabalha no próximo.
Tecnologia do Blogger.