Conheçam o bluesman Uirá Cabral


Uirá Cabral se interessou pela gaita aos dezessete anos ouvindo Blues. Desde o início, em 1997, integrou diversas bandas de Blues de Goiânia, dentre as quais se destacam a Stuff Blues, Bluesmerangue, Blues For All e, especialmente, a The Not Yet Famous Blues Band, banda goiana que se tornou conhecida nacionalmente e com a qual gravou três discos, sendo um deles ao vivo.

Logo depois, já em São Paulo, estudou com os renomados gaitistas Robson Fernandes e Sérgio Duarte. Também integrou bandas de São Paulo, além de inúmeras participações especiais em shows organizados por Helton Ribeiro.

De volta a Goiânia em 2005, passou a integrar a Banda Abluesados, que na época planejava a gravação de seu primeiro disco. O disco teve enorme repercussão e recebeu elogios da crítica especializada, o que lhe rendeu um contrato de endorsement com a fábrica de gaitas BENDS, junto a um seleto grupo de gaitistas nacionais e internacionais.

Na mesma época fundou o Encontro de Gaitistas, que tinha como objetivo juntar os entusiastas do blues e ainda abrir espaço para quem quisesse se apresentar no palco aberto do evento. Hoje, depois de mais de 38 edições, pelas quais já passaram artistas nacionais e internacionais, o evento passou a fazer parte do calendário cívico cultural do Estado de Goiás e é o mais importante evento de blues do Estado.

Desde então vem se apresentando com a Abluesados nos palcos goianos e abrindo shows de artistas consagrados nacional e internacionalmente, como Blues Etílicos, Robson Fernandes, The Headcutters, Igor Prado Band, Enrico Crivellaro, Andy Just, Sugar Ray Rayford, Tia Carroll, Mitch Kashmar, John Primer e outras lendas do blues mundial, além de dividir o palco também com grandes nomes do blues nacional, como Ivan Márcio, Big Chico, Netto Rockfeller, Flávio Guimarães e Fred Sunwalk, entre outros. 

Em 2014, juntamente com a Banda Abluesados, participou do 13º Encontro Internacional de Harmônicas, evento anual que ocorre no SESC Pompéia em São Paulo. 

Desde 2012, Uirá Cabral apresenta um projeto solo com sua banda formada por bluseiros experientes: Paulinho Zambianchi (guitarra), Alexandre Rodarte (baixo) e Duda Lazarini (bateria). Com sua banda explora um repertório focado nos grandes gaitistas da história do blues e nos clássicos do estilo, com surpreendentes misturas com ritmos latinos, com o funk, com o jazz das big bands e o country, além do tradicional Blues de Chicago. Nos shows, apresenta versões cantadas em português e também composições próprias.

Em 2015, depois dos discos gravados com a The Not Yet Famous Blues Band e com a Banda Abluesados, foram lançados dois novos registros: um disco ao vivo, gravado em Goiânia, em junho de 2013, no Teatro Goiânia com a Banda Abluesados, que homenageia os clássicos do estilo e especialmente a música de Muddy Waters e Little Walter; e um trabalho solo de estúdio chamado "Second Hand Gear". O disco foi gravado em São Carlos/SP com a Netto Rockfeller trio e com a ajuda de amigos ilustres, entre os quais se destacam Flávio Guimarães, Ivan Márcio, David Tanganelli, Fred Sunwalk e Netto Rockfeller, que também assina a produção. O disco conta com doze faixas, sendo duas autorais, e faz um passeio por parte do material utilizado no repertório que o gaitista e cantor vem apresentando em seus shows.

Tecnologia do Blogger.