5 Grandes Nomes do Banjo Bluegrass - Dicas do Bardo #7


O banjo de 5 cordas é um instrumento peculiar: instiga curiosidade, tem um timbre bem diferente de outros instrumentos e consegue encantar muitas pessoas. Muito comum no Bluegrass, na música country e recentemente incorporado em quase praticamente qualquer estilo que remeta à Folk music, o banjo vive hoje no Brasil um momento de apreciação e muita procura.

Claro que, esse "boom", é consequência da grande receptividade em relação às bandas de bluegrass, folk e jug bands que têm se tornado mais populares aqui no país. Em 5 anos tocando com O Bardo e o Banjo eu já perdi a conta do número de pessoas que encontrei que tocam e apreciam muito esse instrumento.

Foi pensando nessas pessoas que resolvi falar desses 5 sujeitos, talentosos que não só tocavam banjo muito bem mas fizeram história com este instrumento em mãos:

1. EARL SCRUGGS

Começando pelo banjoísta mais famosos de todos os tempos, Earl Scruggs foi um dos grandes precursores e difusores do uso da técnica "Three Finger Style", hoje conhecida também como "Scruggs Style". 

Sua forma de tocar mudou completamente a visão das pessoas em relação a esse instrumento: antigamente o banjo era visto como um instrumento de acompanhamento, usado muito em big bands e nos famosos "Minstrels Shows", que eram shows de comédia. Scruggs transformou o banjo em um instrumento solo, virtuoso, e também no instrumento que melhor define o estilo de música bluegrass. Falando em bluegrass, Scruggs tocou com Bill Monroe que é considerado o pai do Bluegrass, e foi durante essa época que o banjo se tornou um instrumento tão importante para o estilo. 

Nos anos 60 a música "The Ballad of Jed Clampett" de Lester Flatt & Scruggs se tornou um hit country popular depois de ser usada como música tema da série "The Beverly Hillbillies", aqui no Brasil conhecida como A Família Buscapé. A série ajudou a popularizar mundialmente não só o Bluegrass, como também o banjo tocado por Earls Scruggs. 

2. BILL KEITH

Criador do "Melodic Style", Bill Keith foi outro grande banjoísta que ajudou a desenvolver e aperfeiçoar o banjo de 5 cordas. Bill Keith tocava o "Three Finger Style" de Scruggs mas ele percebeu que em algumas músicas o banjo não acompanhava exatamente a linha que o violino seguia, então ele começou a tentar acompanhar a linha exata de alguns violinistas em "fiddle tunes" e assim desenvolveu uma forma mais "fluída" de acompanhar a melodia da música usando o banjo. 

Esse estilo de tocar o banjo deixou de ser considerada apenas uma variação do three finger style para se tornar um novo estilo: o "Keith Style", ou "Melodic Style". Assim como Earl Scruggs, Bill Keith também tocou durante um período com Bill Monroe, e depois acompanhou outros artistas como David Grisman (Muleskinner) e outro grande banjoísta o Tony Trischka.

3. DON RENO

Outro banjoísta com uma contribuição fundamental no aperfeiçoamento da forma de se tocar o instrumento, Don Reno buscava seguir uma linha mais melódica mas sem usar os rolls como no estilo de Bill Keith, ele fazia isso tocando a linha na mesma corda. Um estilo bem parecido com a técnica flat picking de violão, alternando o uso do polegar e do indicador como se fossem palhetas pra cima e para baixo. Esse estilo ficou conhecido como "Single-String Style" ou mesmo "Reno Style". Você pode ouvir bem o trabalho de Don Reno na dupla Reno and Smiley, onde Don Reno tocava com Red Smiley.

4. BÉLA FLECK

Béla Fleck é conhecido como um dos banjoístas mais virtuosos no instrumento, claro que existem outros grandes nome como Tony Trischka e Noam Pikelny, mas Béla Fleck levou o banjo além do bluegrass, tocando jazz e outros estilos com o instrumento. Seu trabalho é bastante conhecido na banda "New Grass Revival" que foi uma das grandes precursoras do estilo "Bluegrass progressivo", posteriormente no Béla Fleck and the Flecktones, tocando ao lado de outros grandes virtuoses como o baixista Victor Wooten.

5. STEVE MARTIN

Fora das telas do cinema Steve Martins é um grande banjoísta, e o que faz do seu trabalho algo pra ser mencionado aqui é ele não só executar o "Three Finger Style", Steve Martin toca também "Clawhammer" que é uma das técnicas mais antigas de se tocar banjo. Você pode ouvir o trabalho de Steve Martin como banjoísta em seus discos, em destaque entre eles está o disco "The Crow: New Songs for the 5-String Banjo", que ganhou o Grammy por melhor álbum de Bluegrass em 2010.



Ari Frello

Wagner Creoruska Junior é multi-instrumentistas, cantor, compositor e fundador do O Bardo e o Banjo.
Tecnologia do Blogger.