Reflexões de um One Man Band - Vá com calma



"Resolveu pôr o pé na estrada da arte? Vá com calma."

A maioria das pessoas me conhecem devido ao projeto One Man Band, coisa que é bastante normal pois foi dessa forma que a minha carreira teve uma maior projeção.

Todo o artista sonha em um dia poder exercer sua arte. O que você deve esperar neste momento? Aproveite, pois essa fase passa rápido, muito rápido.

A partir do momento que você dá as caras, não há como manter algo assim em segredo, a arte precisa de observadores e observadores nem sempre são agregadores, lembre- se disso.

Se isso lhe servir de conforto, saiba que comigo não foi diferente quando eu comecei, no início de todas as bandas que eu participei, assim como quando eu resolvi apostar no projeto One Man Band. Geralmente na vida as coisas costumam se repetir.

Não pense em sucesso agora, você está pisando em ovos e por isso não sabe de fato o que está acontecendo. É um terreno novo, como se todas as coisas estivessem suspensas e você nem sempre têm certeza do que está fazendo. A única coisa que você pode garantir agora é, que você continuará a fazer isso pois é muito bom.

Por isso, não caia na pilha de se iludir com planos mirabolantes, ignore seus colegas dando ideias acerca da sua carreira, isso não passa de empolgação, eles não são referência no assunto e provavelmente não possuem a mínima noção do que estão falando, releve e divirta-se.

Não é hora de prometer coisa alguma, como já afirmei, você que não sabe ao certo como as coisas vão se desenrolar e por isso, não faça promessas nem a você, nem a ninguém.

Não se sinta pressionado a dar opiniões ou discursos, muita gente vai pressiona-lo, te colocar na parede em rodinhas sociais com bebidas caras, te olhando por cima da armação dos óculos com um ar de gente que faz o tipo inteligentinho (como diz o Professor Pondé. Caso isso aconteça, alegue que é muito cedo para dar declarações.

Nossa, você não imagina o saragaço que foi quando eu resolvi começar o projeto One Man Band, foi uma polemica a nível de conversas sérias no Facebook, coisa do tipo:

Preciso lhe perguntar algo mas não quero que fique chateado comigo, caso não seja verdade desconsidere…

Creio que foi no projeto One Man Band que eu soube lidar melhor com uma mudança em minha carreira. Aprendi a separar um pouco mais as coisas, a não me sentir pressionado por quem as vezes acaba falando coisas no calor do momento, ou que tem como costume criar teorias mirabolantes no ato, e conseguem ter a cara de pau de acreditar nelas a ponto de querer forçar a gente a desenvolver essa mesma fé estranha em coisas intangíveis.

O que você deve fazer agora na minha opinião? Tocar. Toque, se apresente e é claro, se aprimore, sempre se aprimore.

Ari Frello
Ari Frello é guitarrista, violonista, gaitista, cantor, compositor, produtor musical e professor de música. Está na estrada desde 2008 e se tornou conhecido por seu trabalho como "One Man Band". Já lançou três álbuns autorais e já trabalha no próximo.
Tecnologia do Blogger.