Assistam o vídeo de Deus e o Diabo, primeiro single da Montanha Negra


A Montanha Negra surgiu de um mero devaneio exageradamente pretensioso, e exatamente por isso um tanto quanto utópico, visando retomar o experimentalismo e a inventividade são a grande característica da música brasileira, tão descaracterizada pelos interesses mercadológicos. A Montanha Negra é uma utopia no estrito sentido de tentar fugir dos rótulos e conceitos que se perpetuam no imaginário de músicos e ouvintes.

A tentativa de reconciliação entre o Blues, o Rock e a brasilidade, na vã perspectiva dos mitos que cercam a viola e os violeiros, pois o Diabo das encruzilhadas do Mississípi também desce de canoa os rios das Minas Gerais. Trata-se porém de um projeto de formação aberta que não necessariamente segue o formato convencional de uma banda, mas, um projeto onde o músico Igor Souza abre suas composições para a colaboração de outros artistas, no intuito de promover um encontro de influências que resultem numa sonoridade única, porém familiar. 

Tecnologia do Blogger.