Época áurea do Blues


Para esta matéria escolhi escrever sobre os tempos áureos do Blues, que ocorreu entre 1910 e 1930. O Blues como sabemos nasceu no meio rural e chegou a cidades como New Orleans, New York e Chicago através de cantores itinerantes conhecidos como blues-singers.

O período de 1910 a 1930 é conhecido como a época de ouro do Blues por conta de dois fatores que contribuíram para a sua popularização: os folcloristas e o disco de vinil, também surgido nesta época. Por influência dos folcloristas que viajavam pelo interior americano foi que os blues-singers começaram a registrar suas musicas em vinil, e também a se apresentar nas grandes cidades, tornando popular o ritmo Blues, especialmente entre as comunidades negras, nascia assim a vida do musico itinerante americano.

Nas décadas seguintes o Blues tomou de assalto outros países como México e Inglaterra, deixando de ser apenas um ritmo musical para ser um movimento cultural e social.

O ponto importante a respeito do Blues é que marca uma evolução não apenas musical, mas também social: o aparecimento de uma forma particular de canção individual, comentando a vida cotidiana (1990, p.56). Eric J. Hobsbawm, historiador.

Nesta época, os primeiros blues-singers a fazerem sucesso foram as mulheres, Gertrude "Ma" Rainey (1886-1939), a chamada "Mãe do Blues", e Bessie Smith (1894-1937), a "Imperatriz do Blues",. Foram elas que gravaram os primeiros registros fonográficos de sucesso do Blues. Outros blues-singer itinerantes como Leadbelly, Blind Lemon Jefferson e Robert Johnson também se tornaram grandes personagens, intrigantes e muito influentes do Blues, suas canções foram regravadas inúmeras vezes por grandes músicos que viriam a seguir seus passos, nesta lista estão nomes como Eric Clapton, John Mayall, Gary Moore, entre outros.

Recomendo ouvir algumas musicas dos primórdios do Blues como "Jesus Make Up My Dying Bed" de Blind Willie Johnson, "My Creole Belle" de Mississipi John Hurt ou ainda "Love In Vain" de Robert Johnson.

Referencias: OLIVER, Paul; et al. Gospel, Blues e Jazz. Porto Alegre: L&PM, 1989.

Marcelo Ricardo Bueno é guitarrista e compositor na banda Midnight Wolves e administrador. Aficionado e colecionador de Blues e Jazz, mas principalmente de Blues.
Tecnologia do Blogger.