O surgimento da Allman Brothers Band


Os irmãos Duane e Gregg Allman cresceram em Daytona Beach, Flórida, e faziam shows desde o início de 1960. Eles formaram uma banda de garagem chamada The Escorts em 1963, que evoluiu para o Allman Joys em 1965. A partir daí, os irmãos formaram a The Hour Glass e se mudaram para Los Angeles. A The Hour Glass lançou dois álbuns pela Liberty Records em 1967 e 1968, ambos foram um fiasco. Após a tentativa frustrada em Los Angeles, todos os membros da banda foram liberados do contrato, exceto Gregg, pois a Liberty pensou que ele poderia ter algum potencial comercial.

Gregg e Duane conheceram Butch Trucks e sua banda, a The 31st of February, enquanto excursionavam com o Allman Joys, e decidiram gravar um álbum com eles em setembro de 1968, logo após o fim da The Hour Glass. Pouco tempo depois das gravações se iniciarem, a The 31st of February foi dissolvida e o álbum não chegou a ser concluído. As gravações demo permaneceram inéditas até maio de 1972, quando a Bold Records lançou "Duane & Greg Allman".

Nos anos que se seguiram, Duane Allman assumiu o posto de guitarrista da banda do FAME Studios em Muscle Shoals, Alabama, gravou com Aretha Franklin, Curtis King, Percy Sledge, e outros. O estúdio assinou um contrato de gravação de cinco anos com o Duane. Para acompanhar o guitarrista, o FAME contratou laguns músicos, entre eles Johnny Sandlin e Paul Hornsby. Pouco depois da formação da banda, Duane recrutou Jai Johanny Johanson (Jaimoe) depois de ouvir sua bateria em uma demo de Jackie Avery. Duane também convidou o baixista Berry Oakley para tocar no novo grupo. A dupla havia se conhecido em um clube de Jacksonville, Flórida algum tempo antes, e se tornaram amigos rapidamente.

A química foi imediata e a visão de Duane para uma banda "diferente" - com dois guitarristas e dois bateristas - começou a evoluir. Enquanto isso, Phil Walden, o gerente do falecido Otis Redding, estava querendo expandir sua influência no Rock. Nessa época, Rick Hall, proprietário do FAME, estava frustrado com os métodos de gravação da banda e ofereceu as faixas gravadas e seu contrato para Walden e Jerry Wexler da Atlantic Records, que comprou por US$ 10.000. Walden pretendia que a banda fosse a peça central de sua nova gravadora distribuída pela Atlantic, a Capricorn Records.

Duane e Jaimoe mudaram-se para Jacksonville no início de março de 1969 e eles passaram a convidar qualquer um que quisesse se juntar às suas jam sessions. Dickey Betts, líder da banda anterior da Oakley, a Second Coming, tornou-se o segundo guitarrista do grupo, enquanto Butch Trucks, com quem Duane e Gregg gravaram uma demo há menos de um ano, tornou-se o segundo baterista do novo grupo. Reese Wynans da Second Coming tocava teclados, e Duane, Oakley e Betts compartilhavam os vocais.

Ainda sem nome, a banda começou a fazer shows gratuitos no Willow Branch Park em Jacksonville. Com o tempo, Duane viu a necessidade de trazer seu irmão para a banda. No dia 26 de março de 1969, Gregg se mudou para Jacksonville e no dia seguinte, 27 de março, ensaiou "Trouble No More" do Muddy Waters ao lado do Duane Allman, Jaimoe, Berry Oakley, Dickey Betts e Butch Trucks.

Assim, no dia 27 de março de 2017, surgiu a Allman Brothers Band, que quase se chamou Beelzebub.
Tecnologia do Blogger.