Clássicos do Blues - Texas Flood


Publicado originalmente no The Blues Never Die

"Texas Flood" foi composta pelo excelente e desconhecido guitarrista Larry Davis e regravada posteriormente por Fenton Robinson, anexada em "Somebody Loan Me A Dime", seu primeiro disco pela gravadora Alligator Records, porém sem muito êxito.

A música alcançou grande projeção e reconhecimento na década de 1980 em função das performances do Stevie Ray Vaughan. As apresentações da canção com Stevie contavam com acrobacias de guitarra, sobretudo nos solos finais, quando o texano com a guitarra nas costas, executava solos rápidos e dificílimos, deixando extasiadas mesmo as mais exigentes plateias.

A canção descreve um cenário desolado de inundação no Texas. Ao mesmo tempo, o interlocutor narra sua aflição diante da impossibilidade de se comunicar com sua garota pelo telefone (todas as linhas cortadas em função do alagamento). O desespero resultante é evidente como se nota neste trecho:


"Well, dark clouds are rollin' in
Man I'm standin' out in the rain
Well, dark clouds are rollin' in
Man I'm standin' out in the rain
Yeah, flood water keep a rollin'
Man it's about to drive poor me insane"

"Bem, nuvens escuras estão se mexendo
Eu estou na chuva
Bem, nuvens escuras estão se mexendo
Eu, eu estou na chuva
Yeah, a água continua inundando
Está prestes a me levar a pobre insanidade"

Diante da impotência do quadro, ao interlocutor apenas cabe resignar-se e regressar para a sua casa, como a letra descreve a seguir:

"Well, I'm leavin' you baby
Lord and I'm goin' back home to stay
Well, I'm leavin' you baby
Lord and I'm goin' back home to stay"

"Bem, eu estou te deixando baby
Senhor e eu estou voltando para casa para ficar
Bem, eu estou te deixando baby
Senhor e eu estou voltando para casa para ficar"

Algumas canções de Blues descrevem tragédias naturais, que por sua vez resultavam em grandes dramas pessoais. Muito provavelmente Larry Davis, sentiu-se motivado a escrever a canção ao testemunhar desastres similares em locais onde pode ter residido, nas proximidades ou em localidades por onde passou.

Em suma, situações geradoras de dor e aflição como inundações, ganhavam entre os anos 1950, 1960 e 1970, grande potencialidade em se tornar um Blues standard. Texas Flood, é um retrato claro dos sentimentos e da desolação sentidas pelas vítimas de desastres naturais.

Publicado originalmente no The Blues Never Die
Tecnologia do Blogger.