Leiam o artigo "Do Blues ao movimento pelos direitos civis: o surgimento da 'black music' nos Estados Unidos"


"Do Blues ao movimento pelos direitos civis: o surgimento da 'black music' nos Estados Unidos" foi publicado pela Amanda Palomo Alves em 2011. O assunto abordado no artigo é uma pequena parte, com alterações, do capítulo primeiro da dissertação de mestrado intitulada "O poder negro na pátria verde e amarela: musicalidade, política e identidade em Tony Tornado (1970)", defendida junto ao Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Estadual de Maringá, em 2010.

Leiam o resumo do artigo, se gostarem, leiam o artigo completo aqui.

Resumo:

O presente artigo apresenta o contexto e o desenvolvimento da "black music", desde o blues até o advento do soul, nos anos 1960. A partir do fim da Segunda Guerra Mundial, quando a segregação, os linchamentos e a violência policial marcavam a vida dos negros estadunidenses, organizações políticas que lutavam contra o preconceito étnico e a favor da valorização das tradições afro-estadunidenses foram tomando força. As canções do movimento pelos direitos civis inspiraram vários artistas e, nesse âmbito, o "soul" visava recuperar um ritmo autenticamente negro. O artigo aponta ainda a forma como a trajetória desses cantores se confunde com a de gravadoras responsáveis pela disseminação da “black music” em todo o mundo.

Tecnologia do Blogger.