Conheçam o Blues da Mescalines


As distâncias que uniram Jack Rubens e Mariô Onofre em carne, espírito e Blues pelo Mescalines Duo se expandiram por rotas geograficamente impensáveis e musicalmente geniais no recém-lançado primeiro disco da dupla instrumental (2016), autointitulado. 

Do Rio Grande do Sul foi gerada a guitarra sem amarras de Jack e da Bahia, a bateria sincopada de Mariô. Em São Paulo os talentos se encontraram e no Sul dos Estados Unidos eles foram buscar a inspiração. O já intrincado mapa viajou pelo cosmos e ganhou destino no Norte da África. Robert Johnson, Blind Willie Johnson, Mississippi Fred Mcdowell, Charlie Patton, rock touareg e música folclórica moldaram o álbum de estreia do Mescalines, blues puro de ascendência misteriosa. 

Leia também: Por que ninguém escuta minhas músicas?

"Acho que uma de nossas principais características é apenas deixar o som rolar, sem amarras de tempo, ‘comercial-idades’, enfim. Todas as faixas são blues de uma nota só. Esses mantras despertam essa sensação de caminho livre, selvagem e velocidade. Estamos testando nossa química ali, conexão musical", definem os integrantes.

Som nu, cru, mas nem por isso menos deslumbrante. As sete faixas de "Mescalines" foram todas gravadas em menos de 3h em um registro fiel de como a banda soa ao vivo. Com o mínimo de maquiagem. 

Tecnologia do Blogger.