Melhores álbuns que escutei em fevereiro de 2016


Como faço todos os meses, vamos a mais uma lista com os melhores álbuns que escutei no último mês. Os álbuns que escuto, na maioria das vezes, não foram lançados no mês que escuto, não consigo escutar todos os álbuns lançados no mês ou conheço o álbum bem depois dele ter sido lançado. As minhas listas sempre são compostas, em sua maioria, por lançamentos de bandas pouco conhecidas, mas sempre tento trazer alguns nomes mais conhecidos do grande público.


Esse álbum foi um dos primeiros que escutei esse ano e de fevereiro para cá, nenhum outro lançamento conseguiu superar "Let Love Show The Way". A insana mistura de Blues, Rock, Jazz, Southern Rock e elementos psicodélicos, fez desse um álbum difícil de não amar. E o mais impressionante, o álbum foi gravado ao vivo na Big House (lendária casa dos Allman Brothers) e não teve edição. Em uma época que álbuns demoram meses para serem produzidos, registros como esse são raros. As pessoas deveriam dar mais atenção para o JD Simo, esse guitarrista é maravilhoso, um dos melhores da atualidade.

"Wilder Side" não é o álbum de estreia da Carter Sampson, é seu quarto lançamento, mas o primeiro desde 2011. Esses 5 anos de hiato serviram para lapidar o talento da cantora, dona de uma das mais belas vozes da Country music atual. Peguem qualquer faixa de seu álbum anterior, "Mockingbird Sing", e percebam a evolução no vocal dela, mudou da água para o vinho. Hoje em dia é difícil cravar qual a melhor vocalista da Country Music, elas estão inundando o mercado e encantando o público com suas músicas tradicionais, mostrando que mulheres podem ser reconhecidas não só pela beleza, mas pela capacidade de encantar e cativar as pessoas com suas composições e vozes. A Carter Sampson é mais uma que entra para uma extensa lista de grandes vocalistas da atualidade.


O Addison Johnson não traz nada de inovador em suas músicas, é Country tradicional e isso já é o suficiente. Escutem a faixa "I'm Just Song", é a melhor do álbum e tem tudo o que um fã de Country gosta.

Maldito seja o Texas e seus habitantes! Esse povo não consegue me decepcionar nunca quando o assunto é Country Music! O Case Harin vem lá de San Angelo e "Over Fort Worth" é seu primeiro álbum de estúdio, que segue a linha do neo-traditional country, muito popular nos anos 1980.


Mais uma banda de Bluegrass que está debutando em 2016 com "Back to the Mountains". A Po' Ramblin' Boys é da região das Grandes Montanhas Fumegantes no Tennessesse e o John Lawless do Bluegrass Today resumiu bem o som da banda: "Esta música vem de um tempo antes de as pessoas virem o Bluegrass e a Country Muisc como coisas separadas, e a banda realiza a mais difícil das tarefas musicais, capturar a energia maníaca de seus shows ao vivo no estúdio."


A Show of Hands é composta pela dupla Steve Knightley e Phil Beer, sendo uma das principais bandas da Grã Bretanha quando o assunto é música de raiz acústica. A banda não é nova, está na estrada desde 1987 e "The Long Way Home" é seu décimo quinto álbum de estúdio.

Esse é o primeiro álbum da Dori Freeman, cantora de 24 anos, fortemente influenciada pelo bom e velho American Roots: Bluegrass, Rhythm and Blues e Country tradicional. Eu fiquei surpreso com o que escutei, com a pureza da voz dela e toda a tranquilidade que as músicas passam.

O casal Joey Martin e Rory Feek alcançaram um nível de popularidade e perfeição que impressiona, principalmente nos últimos anos. Eu acompanho a carreira da dupla a um tempo e ano passado eles anunciaram que a Joey foi diagnosticada com câncer terminal, o que abalou ambos por um bom tempo, principalmente pelo recente agravamento dos sintomas. Acompanho as postagens que eles fazem no site thislifeilive.com, criado para mostrar o dia a dia da família e todas as dificuldades enfrentadas pela Joey, e foi muito bom ter escutado esse trabalho, só para lembrar como eles são perfeitos, como músicos e família. "Hymns" pode ser o último lançamento dela em vida e nem ligo por ser composto só de músicas religiosas.
Tecnologia do Blogger.