Os cegos e o Blues


Eu sempre li muitos textos que falam da história do Blues e músicos cegos sempre apareceram neles. Muitos são obscuros, alguns são famosos e outros são lendas do Blues, mas todos superaram a cegueira e se tornaram ótimos guitarristas, gaitistas e pianistas.

Alguns músicos nasceram cegos e outros perderam a visão ao longo dos anos, mas todos devem ser tidos como exemplos. Já era difícil ser negro nos EUA naquela época, imaginem ser negro e cego? Hoje sabemos da existência desses músicos graças aos registros da Paramount, Smithsonian Folkways e acervos de outras gravadoras dos anos 1920, 1930 e 1940.

Vocês podem encontrar facilmente as músicas de todos os músicos da lista, seja no Spotify ou Youtube.

Blind Blake


Blind Blake nasceu em Jacksonville, Flórida ou Newport News, Virginia, ninguém sabe especificar, em 1896. Pouco se sabe sobre sua vida, mas suas cerca de 80 gravações estão gravadas na história, principalmente por ele ser um dos principais expoentes do Piedmont Blues e Country Blues.

Blind Boy Fuller


Blind Boy Fuller nasceu em Wadesboro, Carolina do Norte em 1907. Ele ficou completamente cego em 1928. Em 1937 um exame ocular atribuiu sua perda de visão a uma conjutivite neonatal não tratada. Aprendeu a tocar guitarra ainda garoto músicos mais velhos.

Quando ficou cego, começou a procurar qualquer emprego como músico, frequentemente tocando nas ruas. Estudando as gravações de country e blues de músicos como Blind Blake e tocando músicas de Gary Davis, Allen passou a ser um guitarrista formidável, e tocando nas esquinas e casas noturnas da região.

Blind Joe Reynolds


Blind Joe Reynolds nasceu em Tallulah, Louisiana em 1904. Reynolds perdeu a visão na década de 1920 após ter levado um tiro de espingarda.

Ele gravou oito músicas ao longo da sua carreira e a mais famosa delas é "Outside Woman Blues", eternizada pelo Cream no clássico álbum "Disraeli Gears".

Blind John Davis


Blind John Davis nasceu em Hattiesburg, Mississippi em 1913. Ele perdeu a visão quando aos sete anos de idade

Entre 1937 e 1942, Davis gravou com Big Bill Broonzy, Sonny Boy Williamson I, Tampa Red, Merline Johnson, e outros, tocando em muitas gravações da época, além de lançar material de sua autoria. Tocou com Lonnie Johnson, excursionou pela Europa com Broonzy em 1952 e desfrutou de mais reconhecimento no Velho Mundo do que em sua terra natal.

Davis morreu em 1985.

Blind Lemon Jefferson


Blind Lemon Jefferson nasceu em Coutchman, texas em 1893. Lemon nasceu cego e é até hoje um dos músicos mais influentes da sua geração, sendo chamado de "Father of the Texas Blues", sendo uma das principais influências do Lead Belly e Lightnin' Hopkins.

A carreira dele foi muito curta, começou em 1925 e terminou em 1929, ano em que morreu. Apesar da curta carreira, Lemon gravou 79 singles nesse período. Suas canções foram regravadas por Bukka White, Bob Dylan, Grateful Dead, B.B. King e muitos outros músicos.

Blind Roosevelt Graves


Blind Roosevelt Graves nasceu em Meridian, Mississippi em 1909. Não se sabe se ele nasceu cego ou perdeu a visão ao longo da vida. 

Dizem que "Crazy About My Baby" foi uma das primeiras gravações do Rock, isso lá em 1929.

Blind Teddy Darby


Blind Teddy Darby nasceu em Henderson, Kentucky em 1906. Ele mudou-se para St. Louis com sua família quando ele era uma criança e aprendeu a tocar guitarra com sua mãe. Em 1926 ele perdeu a visão por causa do glaucoma.

Ele gravou de 1929 até 1937 sob diversos nomes para a Paramount, Victor, Bluebird, Vocalion e Decca. Nunca alcançou a fama e no final de 1930 desistiu do blues e se tornou um diácono ordenado.

Blind Willie Johnson


Blind Willie Johnson nasceu em Pendleton, Texas em 1897. Johnson não nasceu cego, dizem que sua madrasta jogou soda caústica no seu rosto quando ele tinha sete anos.

Johnson morreu pobre e desconhecido em Beaumont, Texas, mas suas canções resistiram ao tempo e são relembradas até hoje. Versões de suas músicas já foram regravadas por Bob Dylan, Gov't Mule, Led Zeppelin, Eric Clapton, Steve Miller, Taj Mahal, Doc Watson, Van Morrison, Grateful Dead, Willie Nelson e muitos outros.

Blind Willie McTell


Blind Willie McTell nasceu em Thomson, Georgia em 1898. McTell é um dos mais influentes guitarristas do Blues, nunca lançou um sucesso comercial, mas suas canções, estilo de tocar e cantar, influenciaram muitos. 

McTell foi um dos músicos mais longevos da sua geração, tocou até 1956, três anos antes de morrer. Sua canção mais famosa, "Statesboro Blues", foi imortalizada pelo Allman Brothers em 1971. 

Bo Carter


Bo Carter nasceu em Bolton, Mississippi em 1893. CArter ficou conhecido por suas músicas obscenas e por "Corrune Corrina", que foi regravada dezenas de vezes por músicos dos mais variados estilos.

Bryan Lee


Bryan Lee nasceu em Two Rivers, Winsconsin em 1943. Lee perdeu a visão aos oito anos de idade, na mesma época em que começou a escutar Elmore James, Albert King e Albert Collins nas rádios de sua cidade. Seu primeiro álbum foi lançado em 1979, nunca foi muito reconhecido, mas tem uma boa discografia. Em 2011, Lee lançou um álbum ao vivo gravado em São Paulo, o "Live in Sao Paulo".

Se você for a Nova Orleans, ainda pode encontrar ele tocando em algum lugar do French Quarter.

Jeff Healey


Jeff Healey nasceu em Toronto, Ontario, Canadá em 1966. Healey perdeu a visão antes de completar um ano de vida e a guitarra surgiu na sua vida aos três anos. Ao contrário da maioria dos guitarristas, Healy tocava a guitarra em seu colo, tipo um pedal steel.

Ele tocou em diversos locais na sua cidade e formou sua banda, The Jeff Healey Band, que ganhou fama a ser descoberta por duas lendas, Stevie Ray Vaughan e Albert Collins. Em 1989, o single "Angel Eyes" alcançou a quinta posição na Billboard Hot 100.

Healey não tocou só Blues, lançou diversos álbuns de Jazz e veio a falecer em 2008, um mês antes de lançar seu último álbum.

Reverend Gary Davis


Reverend Gary Davis ou Blind Gary Davis, nasceu em Laurens, Carolina do Sul em 1896. Davis não nasceu cego, mas não se sabe como ele ficou cego na infância. Davis foi o mestre do Blind Boy Fuller e influenciou diversos guitarristas e bandas.

O seu estilo era o Piedmont Blues e foi uma forte influência para Rory Block, Bob Weir, Bob Dylan, Grateful Dead e Keb' Mo'.

Sleepy John Estes


Sleepy John Estes nasceu em Ripley, Tennessee em 1899. Não se sabe exatamente quando ele ficou cego, mas deve ter sido mais no final da sua carreira nos anos 1970.

Suas músicas foram regravadas pelo Taj Mahal, Derek Trucks Band, Johnny Winter, Muddy Waters, Bob Dylan, North Mississippi Allstars, Led Zeppelin e Gregg Allman.

Sonny Terry


Sonny Terry nasceu em Greensboro, Georgia em 1911. Terry não nasceu cego, aos 16 anos sofreu ferimentos nos olhos e perdeu a visão. Ele aprendeu a tocar na infância, mas só iniciou sua carreira como músico quando ficou cego. Ele tocou na banda do Blind Boy Fuller até 1941, ano da morte do guitarrista, época em que ele conheceu seu grande parceiro, o guitarrista Brownie McGhee. 

Antes de morrer, Terry colaborou com Ry Cooder em "Walkin' Away Blues", bem como um cover de "Crossroad Blues" do Robert Johnson para o filme de Crossroads, lançado em 1986. Terry seguia a linha do Piedmont blues.
Tecnologia do Blogger.