Blues is Alive



Muitos escreveram belos textos para homenagear o B. B. King, mas nenhuma frase me deixou mais emocionado que a do Buddy Guy. Ele disse, "Eu vou sentir sua falta B. Eu te amo e prometo que vou manter esse maldito Blues vivo". E como o Blues está vivo! Acho que é um dos estilos que mais revelam bons músicos. Enquanto muitos fãs de Rock e Country reclamam da falta de grandes músicos na atualidade, eles existem, os fãs que são preguiçosos, no Blues não existe essa reclamação, sempre aparece um menino/menina prodígio por aí, a fonte parece não querer secar.

Quando falo que escuto Blues, as pessoas me pedem para explicar o que é esse estilo musical, eu não consigo explicar. As pessoas conseguem explicar o amor? O Blues é como um sentimento, não se explica, se sente, quem é fã sabe do que estou falando.

E para mostrar como o Blues está vivo, criei uma lista no Spotify com 30 artistas que acompanho, alguns muito famosos, outros nem tanto, mas todos estão ajudando a manter o estilo vivo. Na lista inclui Ana Popovic, Anders Osborne, Beth Hart, C.W. Stoneking, Candye Kane, Damon Fowler, Dan Patlansky, David Grissom, Devon Allman, Doyle Bramhall II, Eric Gales, Gary Clark Jr., J.P. Soars, Joe Bonamassa, Kenny Wayne Shepperd, Moreland & Arbuckle, North Mississippi Allstars, Oli Brown, Philip Sayce, Rival Sons, Robben Ford, Robert Cray, Samantha Fish, Sena Ehrhardt, Tedeschi Trucks Band, Trampled Under Foot, Valerie June, Virgil and the Accelerators, Walter Trout e Warren Haynes.

Tecnologia do Blogger.