Escutem Holding All Roses da Blackberry Smoke


Eu não gosto de comparar bandas e muito menos álbuns, mas nem sempre essa é uma regra facilmente cumprida. Não importa para qual caminho o Blackberry Smoke seguisse, esse novo álbum sem dúvidas seria julgado por ser inferior a "The Whippoorwill", não é fácil lançar o sucessor de um álbum perfeito como foi o anterior, por isso meu nível de expectaiva não era tão grande, uma queda era esperada. 

Como falei, não gosto de comparar álbuns, cada um foi gravado em momentos distintos, o contexto da gravação nunca é o mesmo, o sentimento dos músicos dificilmente se repete e o momento criativo não é que nem um texto da internet em que você simplesmente copia e cola.

É inegável que "Holding All Roses" fugiu do padrão da banda, mas isso não significa que o álbum é ruim, pelo contrário. Não vejo mudança de rumos como uma queda, muito menos como um desejo da banda querer se tornar mais "pop". Não é um álbum de puro Southern Rock como os anteriores, mas o Blackberry Smoke que gostamos está em cada uma das canções.

Para mim sempre foi fácil gostar de qualquer música dessa banda, o som que eles criam, não importa em que estilo, é de fácil assimilação, não por ser "pop", simplesmente porque é bom. 

Eu sou fã de bandas que costumam soar bem diferentes de um álbum para o outro, isso me atrai, me convence que a banda realmente está querendo criar algo diferente, que ela não se prende aquela fórmula de sucesso que agrada seu público mais fiel. Quem curte bandas que se caracterizam pelo improviso sabe do que estou falando. Com essa atitude de não seguir a mesma fórmula que lhe garantiu destaque nos últimos anos, a banda só ganhou ainda mais meu coração, é de músicos assim que precisamos nos dias atuais. 

Desde o primeiro acorde ele já gerou discussões e dividiu opiniões, na maioria das vezes criticando a banda por ter abandonado seu estilo tradicional, mas ainda não vi uma pessoa dizer que as músicas são ruins, elas estão apenas diferentes do que os fãs se acostumaram. Nem todos são como eu, que gostam de mudanças, que prefere ver sua banda favorita arriscar em direção ao desconhecido do que ficar estagnada só para agradar seus fãs.

Eu faço parte do grupo que aceitou essa mudança. Se ela veio para ficar, só o próximo álbum nos dirá. Mas o que era certo se tornou ainda mais certo: Blackberry Smoke é uma das bandas mais criativas da atualidade.

Destaque para "Let Me Help You", "Holding All Roses", "Living in the Song", "Rock and Roll Again", "Too High", "Wish in One Hand", "Payback's A Bitch" e "Fire in the Hole".

Tecnologia do Blogger.