Conheçam o projeto A Pinga e o Diabo



Desde o inicio de 2013 o Ricardo Bancalero, começou a organizar um projeto com uma mescla de Groove e Southern Metal, no decorrer do ano várias tentativas de achar uma formação para o grupo foram feitas e sempre entrava em conflito com a agenda dos demais músicos, deixando o projeto sempre pra "mais tarde". Após várias tentativas, ele desistiu de procurar e começou se focar nas composições do Panceps. No final de 2013, após outra tentativa falha de tocar o projeto pra frente, decidiu abandonar a ideia do grupo de vez.

Em fevereiro 2014, após conversar com alguns amigos, ele foi encorajado a continuar trabalhando nos sons do projeto, mas ficou na duvida de onde achar os músicos para integrar o time. Após alguns meses, decidiu começar a trabalhar sozinho mesmo, pois estava animado com o andamento das composições. Foi em maio que, após começar a trabalhar em um logo, o nome surgiu, e logo em seguida uma letra com o mesmo nome, dando finalmente o inicio definitivo para o projeto.

Como o grande problema sempre foi achar alguém para ocupar as baquetas, Ricardo resolveu utilizar um VST, e com a ajuda dos amigos André Torres e Guilherme Spilack, fizeram as linhas de batera de todos os sons e a gravação do primeiro EP começou. No final das gravações do instrumental, Ricardo comentou com seu amigo Paulo Melo sobre o projeto e disse a ele que as músicas ficariam boas no estilo de voz dele e ele topou fazer os vocais para o EP.

O projeto vai seguir a linha proposta pelo Phil Anselmo no Down, de trabalhar em EPs ao invés de álbuns, pra poder lançar material novo com mais frequência. A proposta é lançar os sons de forma gratuita e compor mais com o tempo. O Ricardo Bancalero ainda está a procura de um cast oficial pra banda, mas enquanto não acha, será ele e alguns convidados as vezes.

Tecnologia do Blogger.