Conheçam o bluesman mineiro Bruno Felix


Bruno Félix nasceu na cidade de São Sebastião do Paraíso, interior de Minas Gerais, em 09 de março de 1983. Em 1996 começou a aprender os primeiros acordes no violão e, em poucos meses adquiriu sua primeira guitarra, pois já havia decidido que levaria adiante o sonho de participar de uma banda de rock.

Depois de passar por várias bandas de rock e diferentes vertentes do estilo, foi "pego pelo blues" ao ouvir um disco do mestre Stevie Ray Vaughan em meados de 2000. Nesse momento surge uma paixão definitiva chamada Stratocaster. A partir daí, passou a estudar o gênero com afinco e conhecer as suas raízes, sendo fortemente influenciado pela música de Albert King, BB King, John Lee Hooker, Muddy Waters, Buddy Guy e Robert Johnson. A psicodelia de Hendrix e a fluidez de Clapton também foram e ainda são motivo de horas e horas dedicadas à guitarra.

Bruno formou-se em Direito em 2005, período em que também se dedicava à arte de escrever poesias e crônicas.  Seu aguçado senso crítico e bom humor, são resultados de uma precoce influência dos grandes clássicos da literatura mundial, somados à poesia moderna da música popular brasileira e da convivência do autor no meio acadêmico.

Em 2006, Bruno encerra definitivamente as atividades ligadas a outros gêneros musicais e mergulha de corpo e alma no blues, fundando com seus amigos a primeira blues band de sua cidade. Em meados de 2007 deu início ao seu trabalho autoral, quando escreveu "Leave me alone", "Thursday in blues" e "Nothing but the Blues", canções estas que acabaram engavetadas com o fim da banda da qual fazia parte.

Muita coisa aconteceu nos últimos 6 anos: algumas bandas, outras guitarras, casamento em 2009 e outras composições que guiaram o bluesman em direção ao seu primeiro disco. "Bruno Félix & the Voodoo Kings" é o trabalho atual do músico, que lançou em janeiro de 2014 seu primeiro álbum, intitulado "Nothing but the blues".

O músico vem se destacando em bares, casas de shows e eventos da região, tanto pela sua performance de palco eletrizante quanto pelo repertório (destaque para "Blues do Cidadão", que vem encantando as plateias que logo aprendem a cantar junto e dão um verdadeiro show).

O resultado da aceitação de "Blues do Cidadão" (única faixa em português do disco) não pôde ser outro: Bruno Felix correu e filmou um videoclipe no melhor estilo "low budget/homemade" para presentear o público que vem crescendo cada vez mais.

Como poeta, Bruno Felix terá seu primeiro livro publicado pela Chiado Editora no início de 2015, obra que será lançada simultaneamente no Brasil e em Portugal.

Tecnologia do Blogger.