Dan Patterson - Smoke in My Lungs (Review)


"Smoke in My Lungs" é o álbum de estreia do Dan Patterson, um texano altamente influenciado Cross Canadian Ragweed, The Gin Blossoms e The Black Crowes, mais um representante da cena Red Dirt texana, que está cada dia melhor. O Red Dirt não tem um som característico, ele é uma mistura de Folk, Rock, Country, Bluegrass, Blues, Western Swing e Honky Tonk, cada banda soa de uma maneira.

Gosto de procurar novos artistas, não tenho visto tanta graça em ficar escutando álbuns lançados a 30 anos atrás. Tenho uma opinião bem consolidada sobre pessoas que dizem não ter mais bons músicos na atualidade: preguiça, medo de admitir que existem centenas de músicos que colocam muitos dos anos 60 e 70 no chinelo, isso é um fato, mas muitos tem um certo problema em admitir isso, eu não. 

São caras como o Dan Patterson que irei acompanhar no futuro, que irei, ansiosamente, esperar seu próximo lançamento. "Smoke in My Lungs" é um dos melhores debuts que escutei esse ano, não importa se a repercussão dele não foi grande, o álbum é bom e pronto.

Destaque para "Far from Home", "Blameless", "Cheyenne", "I'll Let Her Go", "10 Miles Out", "Battle One", "Things I Miss", "Whiskey Friends" e "Heart Like Mine". O álbum tem 12 faixas e não sei se repararam, mas indiquei nove faixas como destaque, isso coloca ele lá nas cabeças da minha lista de melhores do ano.
Tecnologia do Blogger.