Rural Willys - Pés na Estrada (Review)


A Rural Willys é uma banda mineira lá de Monsenhor Paulo que faz uma mistura de Blues e Classic Rock, tudo em português. A banda existe desde 2010 e foi ganhando espaço aos poucos no interior de Minas e deu um grande passo na semana passada, se classificaram no concurso da Expomusic 2013 e irão tocar na maior feira de música do país, irão representar o Blues.

Como sempre gosto de deixar claro, o que mais gosto nas bandas brasileiras que cantam em português é a criatividade das suas letras, isso difere elas das outras. A Rural Willys não foge dessa linha. Eu destaco três faixas: "Abduzido Blues", "Blasé" e "A Balada de Sid".

Uma coisa eu aprendi nesses anos em que escuto Blues: se uma faixa tem Blues nome, pode escutar, é boa, isso na maioria das vezes é exato. "Abduzido Blues" é uma faixa repleta de humor. Ela conta a história de como um homem "ganhou" suas habilidades bluseiras. Existem centenas de músicas que contam uma história parecida, todas inspiradas nas histórias sobre o Robert Johnson, a encruzilhada e o diabo, mas não me lembro de ter escutado alguma que coloque ETs no meio. O legal é que ela pega um pouco das lendas da região em que a banda surgiu, na letra cita Varginha e me fez lembrar dos anos 90 e as histórias que vinham dessa cidade mineira.

"Blasé" tem duas versões, uma elétrica e outra acústica, prefiro a segunda. Gosto de faixas acústicas.

"A Balada de Sid" conta mais uma história, dessa vez do Sid, um jogador de pôquer que não roubava e não mentia, uma mistura na interessante para que joga. Jogou, perdeu tudo e colocou a sua avó no "prego". Para tentar consertar tudo, ele tentou roubar, não deu certo. No fim...

"E a estória, caro ouvinte / Termina por aqui / Sid conseguiu aquilo que queria / Pagou sua dívida, e está feliz ao lado de sua / Querida avó. / Aquela que o criou com tanto amor, / Que o manteve longe de todo o mal. / Os dois hoje dividem um jazigo / No cemitério municipal."

Ainda estou ansioso para assistir um show deles aqui em Belo Horizonte, até lá só posso parabenizar o Xandão Bueno, Fernando Silva, Gustavo Ruz, Luiz Paulo Caovila e o Nick Belato pelo ótimo trabalho.

Tecnologia do Blogger.