True Blues, um projeto para revigorar o Blues


Os produtores Daniel Patinkin e Corey Harris primeiro se cruzaram em 1998. Daniel era um estudante universitário que vivia no exterior, em Dublin, na Irlanda, e Corey estava se apresentando no Guiness Blues Festival na cidade. Embora com apenas 28 anos de idade na época, Corey cantou e tocou sua guitarra com o carisma, energia e virtuosismo de um veterano de Blues. Daniel se tornou um fã para a vida.

Nos 10 anos que se seguiram, Corey lançou diversos álbuns aclamados. Em 2007, Corey foi uma das 25 pessoas no mundo a receber o prestigiado prêmio MacArthur Fellowship. No ano seguinte, Daniel enviou-lhe uma carta que dizia (parafraseando): "Você é um gênio. Você me inspirar. Vamos encontrar algo para trabalhar em conjunto." Em 2010, Corey e Daniel começaram a montar o projeto agora conhecido como True Blues.

É de conhecimento de todos que o Blues deu origem a uma miríade de gêneros, incluindo Gospel, Jazz e R & B. Ele continua a prosperar e evoluir em lugares como o Mississippi, New Orleans, Chicago e outros lugares. No entanto, muitas pessoas desconhecem a profunda influência desta forma de arte única. E os gênios que dedicam suas vidas a este ofício - incluindo aqueles apresentados no True Blues - não tem uma plataforma de longo alcance a partir do qual podem partilhar as suas mensagens inspiradoras. Corey e Daniel pretendem mudar isso.

O modelo de sucesso é o Buena Vista Social Club, o projeto multi-mídia seminal da década de 1990 que revigorou o interesse na música e na cultura cubana. O documentário Buena Vista fez US $ 25 milhões nas bilheterias, e a trilha sonora vendeu mais de 5 milhões de discos. No crepúsculo de suas vidas, os artistas cubanos - Ibrahim Ferrer e Ruben Gonzalezs - experimentaram um renascimento em suas carreiras, em turnê pelo mundo e trazendo alegria para milhões de pessoas. Com o True Blues, Corey e Daniel aspiram o mesmo nível de alcance cultural mundial que Buena Vista alcançou. 

O projeto True Blues vai celebrar a história do Blues, concentrando-se em alguns dos artistas de Blues tradicionais mais influentes de hoje - artistas que personificam o espírito e a história da arte. True Blues vai demonstrar a vitalidade e o imediatismo desta música e a riqueza da cultura de onde brota. Ele vai abrir os olhos ao mesmo tempo em que abre seus corações.

O projeto se tornou uma realidade em 2013, após o lançamento do álbum "True Blues", que conta com a participação do Corey Harris, Taj Mahal, Shemekia Copeland, Guy Davis, Alvin Youngblood Hart e Phil Wiggins.

Agora é esperar o lançamento do documentário!

Tecnologia do Blogger.