The Georgia Satellites - Shaken Not Stirred (Review)


"Shaken Not Stirred" é o quarto álbum de estúdio da The Georgia Satellites, lançado em 1997, pela CMC Records. 

O álbum contou com remakes de alguns de seus sucessos anteriores e oito canções inéditas. A primeira das novas canções é "Running Out" um Southern Rock com boas pitadas de Hard Rock/AOR, lembrando a mesma pegada dos primeiros álbuns da banda. Na sequência "Let It Rock (Bye Bye Johnny)" do Chuck Berry, se transformou em uma nova canção, com nova letra, novos arranjos e uma tempestade de solos, muito Boogie e Rick Richards extraindo muito feeling das 6 cordas. "Deep In The Heart Of Dixie" surge com forte ataque de slide, solos com muita maestria, Southern Rock bem estradeiro. 

A perfeita "Anna Lee" têm pitadas de Country Rock, violões acústicos, uma levada animada, que ganha mais vida com os arranjos de slide, PERFEITA canção. As faixas "My Fault", "Shaken Not Stirred" e "She Fades Away" mantém com muita competência o padrão Southern Rock com boas doses de Blues Rock, Hard Rock e Jack Daniel's, ótimos refrões, riff's e solos de nos fazer entornar copos e mais copos de cerveja, ótimas músicas. O álbum encerra com "Rain" um Southern Rock puro, tipo de canção que deixa tudo na mais perfeita harmonia, melodia perfeita, um belo refrão e uma levada suave de nos causar orgulho do som que ouvimos. 

"Shaken Not Stirred" é o último álbum de estúdio lançado até hoje, ninguém nunca ouviu dos membros da banda algo sobre o fim da banda, tudo é um verdadeiro mistério. O que importa é que bandas boas nunca acabam, elas sempre ficam vivas dentro da nossa cabeça, passeando por nossos ouvidos. The Georgia Satellites está entre as minhas 10 bandas favoritas do gênero, desde que eu a descobri quando me apaixonei por Southern Rock. Eles puxam sua levada para o Blues Rock, com pitadas de Hard Rock 70s, mas com uma originalidade fora do comum. The Georgia Satellites é tão perfeita quanto uma garrafa de Jack Daniel's, é pra quem gosta de um som estradeiro e de ouvir o mais puro e bem tocado Southern Rock. Agora é hora de deleitar deste petardo.

Escrito por Augusto Monteiro e publicado originalmente na Taberna do Putardo.
Tecnologia do Blogger.