Jackyl - Jackyl (Review)


"Jackyl" é o primeiro álbum da Jackyl, lançado em 1992, pela Geffen Records. O álbum alcançou a primeira 1° posição nas paradas, e recebeu disco de platina. Cinco faixas do álbum se destacaram na Mainstream Rock Chart, são elas "Down On Me" alcançou a 10° posição, "When Will It Rain" alcançou a 11° posição, "The Lumberjack" alcançou a 24° posição, "I Stand Alone" alcançou a 32° posição e "Dirty Little Mind" que alcançou a 35° posição. Os clipes das músicas "The Lumberjack" e "I Stand Alone" foram destaques na MTV.

Review faixa a faixa:

1 - "I Stand Alone" - A faixa de abertura já nos mostra o teor do que está por vir. Sim, é o tipo de música excitante, um Southern/Hard Rock que traz uma certa desordem mental. A história do clipe é ainda mais INSANA. Jimmy Stiff executa um ótimo solo e Jesse James Dupree toca o terror!

2 - "Dirty Little Mind" - Uma cacetada sonora, com uma letra bem obscena (Música EXCITANTE!). A música é aquele puro e sujo Southern/Hard Rock levado por um certo swing empolgante. Refrão daqueles que gruda, uma música mais que PERFEITA!

3 - "Down On Me" - Tornou-se um dos clássicos da banda. Outra música com um refrão grudento e empolgante. Ao vivo é quase um Hino.

4 - "When Will It Rain" - Essa música tem uma levada bem cadenciada e um refrão que desliza suave em nossa mente. Riff's precisos, clichês criativos e um solo bem ajustado. Mais uma ótima música!

5 - "Redneck Punk" - O título faz bem jus a levada. É uma música com uma pegada bem mais acelerada, com guitarras nervosas e um refrão que empolga. A letra foi escrita por Jeff Worley e seu amigo Ronnie Honeycutt.

6 - "The Lumberjack" - O clássico. Guitarras com uma pegada bem Southern/Blues Rock e um Jesse James Dupree completamente insano, basta ver a letra da música. O solo é feito em uma motosserra, algo incrível, Dupree acerta os bends certinho. O clipe é mais INSANO ainda. Um clássico!

7 - "Reach for Me" - Riff's mantendo a levada Southern/Hard Rock imposta pela banda. Outro refrão que fica na cabeça, e que nos faz cantarolar juntos. Um dueto de solos, Jimmy Stiff alternando com Jeff Worley. Sim, é mais uma ótima música!

8 - "Back Off Brother" - Um puro Southern/Hard Rock. Além do refrão marcante, o final é todo solado. Música que deixa o ambiente feliz e com um gosto de causar desordem!

9 - "Brain Drain" - Um riff bem expressivo e conduzido pelo baixo do Thomas Bettini. Mais uma música com uma pegada Southern/Hard Rock, com um ótimo refrão bem acelerado. Os solos alternam entre gaita e guitarra. Ótima canção! 

10 - "Just Like A Devil" - Mais uma música que é conduzida por um baixo com riff's esmagadores. Southern/Hard Rock de primeiríssima qualidade. Um ótimo refrão, ótimos solos e uma melodia perfeita. Sem dúvidas, é mais uma ótima música!

11 - "She Loves My Cock" - Essa música chegou a ser vetada, devido o teor de "imoralidade" contido nela. Uma música pra fechar com 5 estrelas um perfeito álbum. A letra mostra e comprova que os caras surgiram pra causar a desordem e tocar o mais puro e "INSANO" Rock N' Roll. Que elas amem o meu "cock" também!

Estamos diante de um fantástico álbum, uma porrada na orelha. Os caras tocam um Southern Rock único, você nunca verá algo assim em nenhuma outra banda (principalmente o fantástico e incrível solo de motosserra!). Todas as músicas são regidas por um ótimo refrão (percebeu?). A voz de Jesse James Dupree possui um certo diferencial, ela sempre aparece feliz, talvez insana, é algo meio sem explicação, mas dá pra sentir que o cara canta muito feliz e canta muito. As guitarras são super bem trabalhadas, os riff's são precisos e o Jimmy Stiff sola muito bem. O baixista Thomas Bettini toca muito alto, e conduz de forma incrível o seu instrumeto, deixando-o bem presente nas canções. Isso é algo que eu admiro em um baixista (por isso sou fã do Lemmy Kilmister!). A bateria também é esmagadora, é uma banda completa. São 11 faixas incríveis, vivas e empolgantes. Se você não conhecia Jackyl, chegou sua hora, aproveite do mais puro, insano e excitante Southern Rock já oferecido aos seus ouvidos!

Escrito por Augusto Monteiro e publicado originalmente na Taberna do Putardo.
Tecnologia do Blogger.