Conheçam a Diablo Fuck Show



Imagine um encontro entre um grande contador de histórias do country como o Hank Williams com a crueza e "punch" do punk rock: por aí começamos a ter uma ideia do tipo de música que faz a Diablo Fuck Show.

Muito melhor do que tentar explicar do que se trata a Diablo Fuck Show é vê-los em ação: parece que somos transportados para algum saloon no meio do velho-oeste estado-unidense onde bebida, música, histórias de amores mal sucedidos e, claro, mulheres, preenchem cada centímetro do lugar.

Ditando o ritmo incansável como um trator está o "pequenino" Cássio na bateria; Kavêrinha e seu baixo de pau à galope tocam a boiada dos espectadores; Mono com o banjo nos transportam para o meio de alguma plantação de algodão no meio do Mississipi; César e sua guitarra harmônica, precisa e melodiosa nos remete aos tempos de ouro de Memphis dos anos 50 e, por fim, o cantante Bruno, com seu carisma de um bastardo que parece estar no palco para confessar seus crimes passionais através de baladas encharcadas de álcool e sangue formam esse inóspito e maravilhoso encontro entre a música country e a ânsia do punk rock.

Não pergunte para onde essa locomotiva que é a Diablo Fuck Show está indo, apenas suba à bordo e aproveite cada gole de whisky, trapaça no carteado e amores mal sucedidos.

Tecnologia do Blogger.