Poema em homenagem ao Duane Allman


Duane Allman

Foi o tempo de lendas e guitarras...
Rugido de cordas
Arroubo,
Blues e slide.

Foi tempo de alma.
Tempo de bardos e suas histórias sagradas,
Liras guitarradas...
Foi o tempo de Duane Allman,
O feito de um Orfeu e além...

by Anderson Lobo
Tecnologia do Blogger.