Chris Robinson Brotherhood - Big Moon Ritual (Review)


Não é necessário falar muito do Chris Robinson, basta dizer que ele é o vocalista do Black Crowes, e "Big Moon Ritual" é seu primeiro trabalho ao lado da Chris Robinson Brotherhood, formada por Neal Casal (guitarra e vocais), Adam MacDougall (teclados e vocais), Mark Dutton (baixo e vocais) e George Sluppick (bateria). 

Antes de dizer qualquer coisa, que fique bem claro, esse álbum não se parece com nada que o Black Crowes já lançou. Esse é um álbum para os fãs de música psicodélica, creio que irá agradar os fãs de Grateful Dead, e Jam Bands.

O álbum é composto por apenas sete faixas, mas a menor delas, "Tomorrow Blues", tem meros 7:07 de duração! Todas as faixas fluem com muita naturalidade, afinal a banda excursionou exaustivamente desde o inicio de 2011, tempo suficiente para que as composições amadurecessem.

Os destaques do álbum são "Tulsa Yesterday", "Rosalee" e "Beware, Oh Take Care".

A qualidade e o entrosamento da banda é evidente, e isso os levou a criar muito material. O que não foi lançado em "Big Moon Ritual", será lançado no dia 11 de setembro em seu segundo álbum em menos de seis meses, "The Magic Door".

É sempre bom escutar novos e bons álbuns, mas "Big Moon Ritual", e tenho certeza que "The Magic Door", deixa os fãs do Black Crowes um pouco tristes, pois eles sabem que com isso o hiato da banda tende a se prolongar.
Tecnologia do Blogger.