Jimmie Van Zant Band - My Name Is Jimmie (Review)


"My Name Is Jimmie" é o segundo álbum de estúdio da Jimmie Van Zant Band, lançado em 2008, pela Jukin' Jam Records. Depois de lançar o álbum "Southern Comfort", Jimmie surge com uma nova formação, agora ao lado de sua esposa Zhora "Zee" Van Zant.

A nova formação da Jimmie Van Zant Band conta com três backing vocals femininos, dentre elas, Zhora "Zee" Van Zant é a esposa de Jimmie. O disco abre com "Woke Up This Morning", a música é um cover da banda britânica Alabama 3, e a canção é tema do seriado The Sopranos. Jimmie acrescentou sua marca na canção, criando um terceiro refrão, mas de uma forma bem rap. "100 Proof" mantém firme a ótima levada Southern Rock. A próxima faixa "Polk Salad Annie" é um cover de Tony Joe White, Jimmie faz uma interpretação magnífica, sem esquecer do belo solo de banjo. 

O mais novo hino caipira "Redneck Revolution" traz todo o talento de Jimmie, Southern Rock puro. "Backwoods Preacher Man" é uma música perfeita, com uma levada empolgante e bem acústica, o apoio das backing vocals dão mais brilho ainda na música. A canção "King Of Nothing" é bem suave, agradável, uma baladinha daquelas pra deitar numa grama verde, olhar para o céu e refletir muitas coisas da vida. 

Na sequência surge "Blue Collar Man" com uma ótima letra, uma ótima levada e um perfeito solo. A voz do Jimmie é fantástica, o cara nasceu pra tocar Southern Rock. "Spit Cup" soa como uma poesia caipira. A próxima faixa é a perfeita "Ray Ray's Juke Joint" um puro Southern Rock, com um refrão bem forte e uma pegada tipicamente Van Zant. A música "Reason" surge com riff's mais pegados, um ótimo solo e tudo regado pelo forte apoio do power-trio feminino nos backing vocals. "Saving Grace" uma balada suave, agradável, acompanhada por um pedal steel e com uma letra do tipo lição de vida dada por pai e mãe. A última faixa "Dixie" é um belo instrumental, com banjos, violões de aço e vários outros instrumentos. 

Jimmie Van Zant escolheu bem o título do seu mais novo álbum, é bom mesmo que saibamos que ele é Jimmie Van Zant. Um belo álbum, Southern Rock de primeiríssima qualidade do começo ao fim. Ronnie certamente teria ficado feliz, assim como todos nós amantes do bom Southern Rock.

Escrito por Augusto Monteiro e publicado originalmente na Taberna do Putardo.
Tecnologia do Blogger.