Escutem a estreia da Black Stone Cherry


"Black Stone Cherry" é o primeiro álbum de estúdio da Black Stone Cherry, lançado em 2006, pela Roadrunner Records.

A faixa de abertura "Rain Wizard" traz uma levada Hard/Metal cadenciada, um refrão suavemente forte e um solo tecnicamente com muita energia, todo no wah-wah, efeito esse muito presente nos solos do Chris Robertson. Na sequência "Backwoods Gold" continua mantendo o peso dos riff's, outra ótima música com uma pegada Hard/Metal.

A surpreendente "Lonely Train" é como uma locomotiva sem freio, na minha opinião é uma das músicas mais animais do álbum, surge como uma porrada na orelha, um solo matador e um riff de grosso calibre, que mesmo com a ausência de H.A (harmônicos artificiais) por alguns segundos nos faz lembrar de Black Label Society e sua música "Bleed For Me". "Maybe Someday" apresenta riff's rápidos e precisos, ótimos solos, um refrão vivo, e destaque para o baterista John Fred Young, que mostra ter herdado todo talento de seu tio. Os  riff's pesados ainda se mantém presentes nas faixas "When The Weight Comes Down", "Crosstown Woman" e "Shooting Star" que trazem refrões vivos, suaves, solos técnicos e nervosos, e uma levada Hard/Metal com belas melodias.

As faixas "Hell And High Water" e "Shapes Of Things" descem mais dançante aos ouvidos, tipo de música com um clima agradável, refrões vivos, solos bem expressivos e ambas na linhagem do Hard Rock. O peso retorna em "Violator Girl" que surge com uma introdução a lá "I'm Broken" do Pantera. A música traz uma pegada Hard/Metal cheia de testosterona, e um solo animalesco, muito técnico e com feeling. "Tired Of The Train" apresenta um certo swing que agrada, um refrão cheio de energia, ótimos solos e conta com a participação do organista Reese Wynans e seu Hammond B3. Resse Wynans era da banda Double Trouble, mas já trabalhou também com a The Kentucky Headhunters, do pai e tio do John Young.

A faixa "Drive" percorre ainda pela levada Hard Rock, possuindo um refrão suave e um solo matador, mais uma ótima música. "Rollin' On" é aquele tipo de Hard Rock pra cair na estrada, com riff's cadenciados, uma melodia super agradável, refrão que gruda e solos de se tirar o chapéu. A música também conta com a participação de Reese Wynans e seu inseparável Hammond B3. Pra finalizar este perfeito álbum "Stop Runnin'" é uma canção mais suave, não chega a ser uma balada, ela traz uma melodia que conforta nossa alma, e que nos faz lembrar de repetir o álbum mais algumas vezes.

A Black Stone Cherry é uma das poucas bandas recentes (dessa 'Era 2000') que surge fazendo um som de respeito, capaz de agradar até o mais 'Matusalém' rockeiro. É uma banda nova, formada por jovens músicos, mas os caras têm talento de sobra, eles sabem fazer um som com Testosterona, atitude e com qualidade. Se você ainda não ouviu este petardo, sinceramente, está na hora de você criar vergonha na cara e parar com aquela choração modinha que diz: 'Estou vivendo na pior geração, não existe banda de Rock Boa'.


Wotson
Augusto Jr. Monteiro é um apaixonado por artes marciais, Rock/Metal, livros, filmes, seriados, Marvel/DC Comics, Star Wars, guitarra, gatos, NFL/MLB/NBA e contabilidade.
Tecnologia do Blogger.