Tedeschi Trucks Band - Live EP Revelator (Review)


A Tedeschi Trucks Band é uma banda que surgiu para alegrar as nossas vidas com a sua música!

Para aqueles que foram no SWU 2011, não é necessário elogiar a competência ao vivo da Tedeschi Trucks Band, mas para os que perderam aquele maravilhoso show, o "Live EP Revelator", lançado especialmente para o Record Day Store 2012, é um belo exemplo do potencial desses 11 membros. O EP estreou em 6° lugar na Billboard Blues Albuns, desbancando "Revelator", álbum de estréia da banda que agora está em 7° e já completou 48 semanas no Top 10.

O EP com a bela "Don’t Let Me Slide", que não estará no primeiro álbum ao vivo da banda, "Everybody's Talkin'". Poucas bandas conseguem fazer uma versão ao vivo melhor que a de estúdio, a Tedeschi Trucks Band é uma dessas bandas. Os solos do Derek Trucks e a voz da Susan Tedeschi, deviam ser, mas não são as grandes atrações da faixa e do EP, o que chama a atenção em todas as faixas é a banda como um todo. O saxofonista, o trompetista, o tecladista, os backing vocals, os bateristas, o baixista, todos tem a sua chance, todos tem seu solo.

O álbum segue com a maravilhosa "Midnight in Harlem", que em sua versão de estúdio já é uma perfeição, mas ao vivo ganhou o toque de improvisação da banda e ficou ainda mais perfeita. Essa versão tem apenas quatro minutos a mais que a versão de estúdio. "Learn How to Love", uma das joias do "Revelator", também está avassaladora.

Mas nada que pode ser escutado nesse EP se compara a última faixa, "Bound for Glory". Eles transformaram uma faixa de 5:31 em 12:53! É impossível ouvir essa versão e não voltar no tempo, voltar aquele 13 de setembro de 2011, o dia em que muitas pessoas, que nem sequer sabiam da existência da banda, se tornaram fãs.

A espera pelo primeiro álbum ao vivo da banda, "Everybody's Talkin'", apenas aumentou depois de escutar esse EP. Anda estou decepcionado por causa das faixas escolhidas para o primeiro álbum ao vivo da banda, e ouvir esse EP só aumentou ainda mais essa decepção. A banda lançou um CD perfeito com 12 canções, não era necessário lançar um álbum ao vivo composto, na sua maioria, por covers. Digo e repito, tenho certeza que será um ótimo álbum, mas nunca ficarei satisfeito com as faixas escolhidas.
Tecnologia do Blogger.