Black Oak Arkansas - High on the Hog (Review)

"High on the Hog" é o quarto álbum de estúdio do Black Oak Arkansas lançado em setembro de 1973. Nenhum dos álbuns lançados anteriormente pela banda se compara a High on the Hog, seja a nível musical ou comercial. 

No lado comercial, o álbum foi um sucesso, alcançando a 52° colocação na Billboard 200 e teve o hit "Jim Dandy" na 25° colocação na Billboard Hot 100.

A banda era composta por Jim "Dandy" Mangrum (vocais), Harvey Jett (guitarra), Stanley Knight (guitarra), Rick Reynolds (guitarra), Pat Daugherty (baixo) e Tommy Aldridge (bateia), a mesma formação que gravou o clássico ao vivo "Raunch 'n' Roll Live" no ano anterior, o que contribuiu para o lançamento desse ótimo álbum. O produtor do álbum foi o renomado Tom Dowd.

O carro chefe do álbum foi "Jim Dandy" (composta originalmente por Lincoln Chase), que além de contar com a magnifica performance de Jim "Dandy" Mangrum, tem a participação da Ruby Starr, que faz um dueto maravilhoso e que contribuiu muito para o sucesso da canção. Mas engana-se quem pensa que esse álbum se limita a essa faixa.

"Swimmin´ In Quicksand" abre o o álbum com uma mistura de música latina e Southern Rock; "Red Hot Lovin'" canta as alegrias de se amar uma mulher ruiva; "Back to the Land" é um tributo as raízes Country da banda; Em "High and Dry" você escuta apenas um violão acústico e a voz de Jim Dandy, linda; "Happy Hooker" é um Hard/Blues com uma letra muito mal intencionada, característica da banda; "Movin" e "Red Hot Lovin" são rápidas na duração, mas alegres e potentes.

"Moonshine Sonata" é uma instrumental de tirar o fôlego de qualquer ouvinte, instrumental com grande entrelaçamento de solos que sangram emoção com cada nota escolhida.

Um álbum essencial para qualquer fã de Southern Rock e que para mim tem a melhor capa de um álbum de Southern Rock.
Tecnologia do Blogger.