Escutem It Is What It Is da Rebel Pride


"It Is What It Is" é o primeiro álbum de estúdio da Rebel Pride, lançado em 2005, e começa com "Stomp Yer Foots", um Southern Rock altamente energizado, guitarras com muita pegada, boogie, o suficiente para nos fazer ouvir o álbum inteiro. Acredito que assim como eu, você também tomou um susto, achou que era a Molly Hatchet, mas não é, acredite. "Gition" tem riffs mais densos, levada com vigor e um solo de nos fazer bater o pé e tirar o chapéu. "Tampa Bay Worksong" - A faixa soa como um 'Country Blues Rock' dosadamente acelarado, me lembrou Johnny Winter, com guitarras bem trabalhadas, solos técnicos e muito feeling, mais uma ótima música.

"Getting Closer" é uma tempestade suave de belos clichês guitarrísticos, solos com muito sentimento, e a voz do Pat Buffo lembra muito o timbre do Danny Joe Brown, é de nos assustar. "Slippin' Away" é uma das canções mais demoradas do álbum, são mais de 10 minutos que começa numa levada arrastada bem suave, mas de uma hora pra outra o instrumental ganha mais energia, com muito boogie e, guitarras solando rápido, com técnica e exalando o mais puro feeling, vale a pena ouvir e deleitar uma boa bebida.

"The Hard Way" mantém o mesmo padrão do álbum, Southern Rock puro, calibrado, com um ótimo refrão e solos. "Drop The Ball" nos faz lembrar de Stevie Ray Vaughan, possui aquele 'swing' escutado no álbum Texas Flood, não preciso dizer que se trata de uma ótima música. "Survive", com sua levada cadenciada que no decorrer da música ganha um final com riff's e solos cheios de energia, belos arranjos, uma letra bem bonita, um refrão agradável, solos exalando muito feeling, é perfeita pra fechar este ótimo álbum.


Wotson
Augusto Jr. Monteiro é um apaixonado por artes marciais, Rock/Metal, livros, filmes, seriados, Marvel/DC Comics, Star Wars, guitarra, gatos, NFL/MLB/NBA e contabilidade.
Tecnologia do Blogger.