Kentucky Headhunters - Soul (Review)


"Soul" é o sexto álbum de estúdio da Kentucky Headhunters, lançado em 2003, pela Koch Records. O álbum contou com as participações do organista Reese Wynans (Double Trouble), com seu Hammond B-3, do saxofonista Jim Horn, e Robbie Bartlett uma cantora local que foi chamada para fazer a segunda voz na canção "Everyday People". A gravação do álbum foi um experimento para recriar o clima, o som e o estilo das primeiras gravações Muscle Shoals.

Review faixa a faixa:

1 - "Everyday People" - Doug Phelps divide voz com a cantora Robbie Bartlett, uma canção super agradável, bela melodia.

2 - "That's Alright" - É uma canção morna, um pouco sem brio.

3 - "You Got It" - A faixa ganha os arranjos de Jim Horn nos metais, uma música que relaxa o ambiente e conforta a alma.

4 - "Lonely Nights" - Continua se arrastando por uma levada mais suave, cadenciada e bem agradável aos ouvidos.

5 - "We All Need It" - Finalmente uma música com uma pegada mais firme. "We All Need It" surge com riff's mais densos, com um certo jogo de 'swing', e ótimos solos de guitarra.

6 - "My Sunny Days" - É aquele tipo de balada Blues, bem lenta, rola até um solo de saxofone, curtinho, e feito por Jim Horn. 

7 - "Last Night I Met Carl Perkins" - Essa é uma homenagem ao pai do Rockabilly, o grande Carl Perkins, e nem preciso escrever que a levada da música é um Country/Rock da melhor qualidade que passeia perfeitamente pelo Rockabilly. O show fica com Greg Martin, ótimos solos, muita técnica e criatividade. 

8 - "I Still Wanna Be Your Man" (Eddie Hinton) - O cover de Eddie Hinton, é cantado por Richard Young, dono de uma voz que sempre me faz lembrar de ZZ Top (será que só eu lembro dos barbudos de Houston?). Hammond-B3, boogie e muitos solos de slide feitos pelo gênio Greg Martin, uma ótima música.

9 - "Lookin' for Mr. Perfect" - Essa faixa se mantém numa levada mais viva, com ótimos clichês de guitarra, muitos solos e boogie. 

10 - "Have You Ever Loved A Woman?" (Billy Myles) - O cover de Billy Myles é cantado por Richard Young, um Blues de primeiríssima qualidade, bem orquestrado, uma ótima interpretação. Essa música ficou conhecida na interpretação do guitarrista britânico Eric Clapton (Clapton is God!), como também chegou a ser o primeiro single do guitarrista norte-americano Freddie King.

11 - "What You See, Is What You Get" - A última música fecha com chave de ouro este álbum, trazendo uma Jam com uma levada mais vigorosa, com riff's criativos, técnicos, gaita e ótimos solos, Greg Martin, os irmãos Young e Reese Wynans dão um show em seus instrumentos. 

"Soul" foi considerado um dos melhores álbuns de estúdio desde "Pickin' On Nashville". Existe sim uma certa ausência daquela pegada Country Rock característica da banda, mas ela foi substituída por canções que deslizam suavemente pelo Blues. É um ótimo álbum, traz todo o talento individual de cada membro da banda. Bem, os elogios foram feitos merecidamente, agora é só ouvir e deleitar.

Créditos: @AugustoMTRs
Tecnologia do Blogger.