Jackyl - Stayin' Alive (Review)


"Stayin' Alive" é o quarto álbum de estúdio da Jackyl, lançado em 1998, pela Shimmertone Records. Na verdade o álbum  "Stayin' Alive"  é uma coleção de lados-B, incluindo cinco músicas inéditas, três canções covers e três músicas ao vivo.

Review faixa a faixa:

1 - "Problem" - A primeira faixa do álbum é uma música com uma pegada ainda Southern Hard Rock, mas que oscila em riff's mais cadenciados e Jesse James Dupree aparece com uma voz bem mais suave. Não é muito de surpreender, é apenas uma boa música!

2 - "Crush" - É uma música com uma levada bem mais energizada. O refrão ganha todo o peso das guitarras e o apoio dos backing vocals. Mais uma boa música!

3 - "Can't Beat It With A Stick" - Riff's mais trabalhados, guitarras sincronizadas, bem técnicas e uma letra bem insana. Música com bem mais empolgação.

4 - "Open for Business" - A melhor música das inéditas (na minha opinião!). Uma pegada Southern Hard Rock, com uma levada acústica, riff's distorcidos, solos de gaita e um belo solo de guitarra. Uma ótima música!

5 - "Street Went Legit" - Southern Hard Rock com riff's calibrados, um baixo alto, preciso e um refrão que ganha boa participação dos backing vocals. Mais uma boa música!

6 - "Live Wire" - Essa música pertence a banda australiana AC/DC. A versão ficou super bem interpretada, quem escuta de primeira quase não percebe a diferença, jura ser mesmo o AC/DC tocando.

7 - "Gimme Back My Bullets" - Essa música pertence a banda americana Lynyrd Skynyrd. A interpretação também ficou bem original. O instrumental ficou impecável, ótimos improvisos e Jesse James Dupree interpretando bem o vocal do lendário Ronnie Van Zant.

8 - "Nobody's Fault" - Essa música pertence a banda americana Aerosmith. Outra ótima interpretação, a banda realmente deixou transparecer suas influências dando o seu melhor. Guitarras vicerais, com muita selvageria.

9 - "Dumb Ass Country Boy" (Live) - Resenha feita no álbum Cut The Crap, de 1997.

10 - "Twice As Ugly" (Live) - Resenha feita no álbum Cut The Crap, de 1997.

11 - "Locked And Loaded" (Live) - Resenha feita no álbum Cut The Crap, de 1997.

O álbum contém apenas cinco canções novas, três covers super bem interpretados e três canções já conhecidas, só que gravadas ao vivo. "Live Wire"  nos faz perceber que Jesse James Dupree teria caido super bem na banda australiana, ele tem um timbre de voz que passeia fácil por Bon Scott e Brian Johnson. A interpretação de "Gimme Back My Bullets" e "Nobody's Fault" também ficaram bem vicerais. Apesar de não ser um álbum só de inéditas, ele nos proporciona sentir do que a banda é capaz de fazer quando interpretam canções de outros artistas, eles realmente são ótimos, selvagens e fazem bem feito. A capa do álbum é meio que uma alusão insana ao filme "Saturday Night Fever".

Créditos: @AugustoMTRs
Tecnologia do Blogger.