Blackfoot - Marauder (Review)



"Marauder" é o quinto álbum de estúdio da Blackfoot, lançado em 1981, pela Atco. O álbum foi produzido por Al Nalli e projetado pelo baterista Henry Weck (Brownsville Station). Todas as canções do álbum foram escritas por Rickey Medlocke e Jakson Spires, apenas "Rattlesnake Rock 'N' Roller" que ganhou a participação especial de Shorty Medlocke, o já conhecido avô de Rickey. "Marauder" retrata o excelente momento da banda e seu auge. Segue uma turnê ao lado do AC/DC pelos EUA e Inglaterra, que seria o ponto de partida para um giro por toda a Europa onde tocam ao lado do Scorpions na Alemanha e do Iron Maiden na França e Inglaterra (no Redding Festival de 1982 rola nada menos que uma mega-jam com todos os músicos do Blackfoot e do Iron dividindo o palco numa versão de "Tush" do ZZ Top).

Review faixa a faixa:

1 - "Good Morning" - A faixa de abertura é uma cacetada na orelha. Riff's nervosos, solos quentes e muita energia. Uma pegada bem mais pro Hard Rock!

2 - "Payin' For It" - Essa música tem uma levada Southern Rock com boas doses de Hard Rock. Tipo de música mais dançante aos ouvidos. 

3 - "Diary Of A Workingman" - Uma das canções mais suaves do álbum. Com uma levada bem melódica que somada a voz de Rickey, alcança a mais pura entonação. Um clássico! 

4 - "Too Hard To Handle" - Não, essa música não é "Too Hot To Handle" da banda britânica UFO. Creio que o show que a Blackfoot abriu para banda UFO em 1980, em Chicago, tenha influenciado o título da música, sem dúvidas. Bem, não é da UFO, mas é um puro Hard Rock com riff's precisos e solos nervosos!

5 - "Fly Away" - É uma canção perfeita, do tipo suave e viva ao mesmo tempo. Alcançou ótimas posições nas paradas norte-americanas. Refrão mágico, solos perfeitos e uma levada que nos faz sair de onde estamos!

6 - "Dry County" - Peso, muito peso. Southern Rock carregado por muito peso. Riff's densos, refrão suave e solos matadores. Uma ótima música pra pisarmos o pé numa auto-estrada!

7 - "Fire of the Dragon" - O nome da música mais parece canção de banda de Power Metal, mas claro que não é. Tem uma levada hora cadenciada hora mais Hard Rock, e uma guitarra fraseando clichês com muita técnica. O refrão exigiu muito das cordas vocais do Rickey, que nos mostrou todo seu vozeirão.  

8 - "Rattlesnake Rock 'N' Roller" - A única música que também foi escrita por Shorty Medlocke, avô de Rickey. Além da letra, o vovô Medlocke faz o solo de introdução, muita técnica no banjo. Rattlesnake (Cascavel) é o apelido de Rickey Medlocke. Southern Rock com pitadas de Hard Rock ao Blues Rock. Uma música super dançante, muito boogie. Uma sonora obra de arte!

9 - "Searchin'" - A última música alterna suavidade, com um belo dedilhado, e um refrão cheio de energia, com uma pegada mais Hard Rock. A voz de Medlocke continua super suave e agradável. Essa música exalada feeling do começo ao fim. Perfeita canção!

Infelizmente, eu começo com um "Infelizmente". Tudo porque esse é o último álbum na linhagem do "Strikes" e "Tomcattin'", pois o próximo álbum já possui uma levada mais comercial, com sintetizadores e uma pegada mais AOR. "Marauder" é um perfeito álbum, mesmo tendo um volume sonoro maior de Hard Rock nas canções, mas o Southern Rock sempre será a essência. Percebemos uma mistura de peso, suavidade e canções mais vibrantes aos ouvidos, nos mostrando uma verdadeira sonora obra de arte. A banda estava voando alto, e a turnê para Europa finalmente chegou, logo ao lado da melhor banda de Hard Rock do planeta, falo de AC/DC. Esse é um ótimo álbum que não rodará só uma vez em seu som, fará parte da sua vida daqui pra frente!

Créditos: @AugustoMTRs
Tecnologia do Blogger.