Alabama ThunderPussy - Fulton Hill (Review)


"Fulton Hill" é o quinto álbum de estúdio da Alabama ThunderPussy, lançado em 2004, pela Relapse Records. O ex-vocalista Johnny Throckmorton deu lugar ao vocalista Johnny Weills, e o baixista Sam Krivanec foi substituído por John Peters. O álbum foi originalmente lançado em CD em 25 de maio de 2004, a Relapse Records mais tarde lançou em vinil em 08 de junho, uma prensagem de 1000 cópias. Um adicional de 100 cópias foram prensadas em vinil transparente, mas estes não foram disponibilizados ao público.

Review faixa a faixa: 

1 - "Such Is Life" - A faixa de abertura chega a nos assustar, pois pela primeira vez em um disco da Alabama ThunderPussy a primeira música traz um instrumental que começa como uma baladinha, mas que termina com um pouco mais de energia, solos incríveis.

2 - "R.R.C.C." - Surge com riff's esmagadores, música pra causar desordem.

3 - "Wage Slave" - Mantém aquela pegada pesadamente groove, com riff's bem trabalhados e um solo tecnicamente perfeito.

4 - "Three Stars" - Essa faixa passeia claramente por uma levada bem Southern Rock, uma perfeita canção. 

5 - "Bear Bating" - Com riff's aditivados, um solo com slide e um final bem Stoner Metal. Johnny Weills mostra muita competência.

6 - "Infested" - Essa faixa é o tipo de prova pra garganta, é necessário ter uma garganta de aço para acompanhá-la, apesar da alternância de peso, destaque para o riff solado. 

7 - "Alone Again" - A suave "Alone Again" nos traz uma calmaria, com uma melodia agradável, piano, violões de aço envoltos de riff's distorcidos.

8 - "Lunar Eclipse" - Essa faixa é um contraste absurdo com a anterior. Ela é bem mais Heavy Metal do que Stoner/Sludge Metal

9 - "Blasphemy" - O lado Heavy Metal aparece mais uma vez. Ótima música.

10 - "Do Not" - É mais uma baladinha bem agradável, levada acústica e Johnny Weills com um vocal a lá Bon Jovi

11 - "Sociopath Shitlist" - Nessa faixa temos o Stoner Metal de volta.

12 - "Struggling For Balance" - Vocal gutural, riff's pesadamente cadenciados, cheios de energia e solos matadores.

Quem achou que a banda iria acabar com a saída do Johnny Throckmorton, eis que surgiu mais uma cacetada sonora dessa grande banda. O novo vocalista Johnny Weills apresentou muita competência nos vocais, e a maioria das letras do álbum foram escritas por ele. Infelizmente ele só gravou este álbum.  "Fulton Hill"  alterna em peso e baladinhas, algo diferente, mas que deu pra "descer legal". O único deslize do álbum na minha opinião foi a primeira faixa, ela poderia ter ficado pro final.

Créditos: @AugustoMTRs
Tecnologia do Blogger.