ZZ Top - Fandango (Review)


"Fandango" é o quarto álbum de estúdio do ZZ Top, lançado em 1975, pela London Records. O álbum é composto por músicas de estúdio e faixas ao vivo gravadas de um show na The Warehouse, em New Orleans. O single de destaque do álbum foi "Tush" que alcançou a vigésima posição na Billboard Hot 100 dos EUA. A turnê do álbum foi marcada por shows menos lotados, devido a Elvis Presley e Led Zeppelin estarem em "alta" na época. O nome Fandango na verdade é um tipo de dança semelhante ao flamenco.

Review faixa a faixa

1 - "Thunderbird" (Live) - A primeira faixa do disco causou polêmica. A música foi escrita por uma banda chamada Nightcaps, no ano de 1950. Ela chegou a ser gravada em um álbum chamado "Wine, Wine, Wine", mas nunca foi aplicada por direitos autorais. O ZZ Top assumiu que sua versão era liricamente e musicalmente idêntica a versão da Nightcaps. Sendo assim, a Nightcaps processou o ZZ Top por violação dos direitos autorais, mas o processo foi indeferido, porque, em parte, o ZZ Top havia registrado o tal "direito autoral" da música em 1975. Fora isso, a música é um Blues Rock bem vivo, dançante e com muitos solos.

2 - "Jailhouse Rock" (Live) - É uma versão cover da dupla Jerry Leiber e Mike Stoller. Um puro Blues Rock de alta qualidade, que caiu muito bem na pegada ZZ Top de tocar, e mais ainda na voz de Dusty Hill.

3 - "Backdoor Medley" (Live) - É uma música de 4 partes, sendo que uma delas é do grande Willie Dixon. A primeira parte se chama "Backdoor Love Affair", que se mistura com a música "Mellow Down Easy" do Willie Dixon, volta para "Backdoor Love Affair No.2", e se torna "Long Distance Boogie". Muito Blues, muitos fraseados, solos e Roogie Rock. Tá, com um pouco de encheção de linguiça também!

4 - "Nasty Dogs and Funky Kings" - Um riff calibrado e com muita pegada, bem Blues Rock. Ótima música!

5 - "Blue Jean Blues" - É aquela típica balada Blues que em todo álbum do ZZ Top sempre tem uma. Muitos fraseados guitarrísticos e Billy Gibbons nadando em feeling.

6 - "Balinese" - Uma música viva, com uma levada bem Blues Rock. Mais uma vez Dusty Hill dando o ar de sua voz no álbum!

7 - "Mexican Blackbird" - Aquele velho ritmo Boogie Rock característico do ZZ Top, guitarra slide, gaita e um Billy Gibbons cheio de criatividade.

8 - "Heard It On The X" - Um riff com muita pegada Blues Rock, corrido e preciso. O dueto de voz dá um toque a mais na música!

9 - "Tush" - Um clássico. Um Hino para os apaixonados por Harley-Davidson, sendo trilha sonora de vários filmes, dentre eles, o clássico Easy Rider. Tush é uma gíria texana, uma canção sobre ir à cidade e à procura de sexo. A música é um Blues de doze compassos na tonalidade de G. A gravação foi produzida por Bill Ham, gravada e mixada pelo talentoso Terry Manning, e cantada por Dusty Hill, que deu o seu melhor. A canção ficou em 67 ° lugar como sendo uma das melhores música de Hard Rock de todos os tempos, segundo o canal VH1.

Créditos: @AugustoMTRs
Tecnologia do Blogger.