Molly Hatchet - Beatin' The Odds (Review)



"Beatin' The Odds" é o terceiro álbum de estúdio da Molly Hatchet, lançado em 1980, pela Epic Records. Esse é o primeiro álbum com Jimmy Farrar nos vocais, que substituiu Danny Joe Brown. Brown saiu para montar sua própria banda, a Danny Joe Brown Band. A capa é uma pintura de Frank Frazetta, intitulada "Berserker". O álbum alcançou a 25° colocação na Billboard e vendeu mais de 1 milhão de cópias.

Review faixa a faixa:

1 - "Beatin' the Odds" - A primeira faixa até entra estranha, pois a voz de Jimmy Farrar é mais suave. A música é um puro Southern Rock, com um riff cheio de pegada, guitarras expressivas e ótimos solos. 

2 - "Double Talker" - Um riff bem criativo, solos nervosos e um refrão daqueles que nos faz cantar juntos. A letra é bem tipo de fim de relacionamento.

3 - "The Rambler" - Essa música é bem suave, uma balada sulista. Letra escrita por Jimmy Farrar e Dave Hlubek. Uma canção muito bonita, solos cheios de feeling.  

4 - "Sailor" - Um Southern Rock puro, que nitidamente mostra a influência Lynyrd Skynyrd vindo das 6 cordas. Guitarras altamente calibradas. 

5 - "Dead and Gone" - Um riff bem cadenciado, refrão com backing vocals femininos dando uma tonalidade legal na música. Mais um bom Southern Rock do álbum!

6 - "Few and Far Between" - Essa canção é mais viva. Guitarra slide muito expressiva, introdução e solos com muita técnica slide, notas precisas! 

7 - "Penthouse Pauper" - Outra música com uma introdução bem criativa. Um Blues Rock com uma tempestade de fraseados guitarrísticos, muita técnica, criatividade e feeling.

8 - "Get Her Back" - Mais um puro Southern Rock, guitarra slide, solos precisos. É uma música mais "dançante" aos ouvidos, música para ser usada em uma viagem!   

9 - "Poison Pen" - Essa música tem uma levada bem "diferente", riff's mais densos, harmoniosamente ligados aos vocais de Farrar. Uma ótima música com ótimos e perfeitos solos.   

É um álbum curto, músicas menos demoradas, mas já da pra sentir uma diferença no som da banda. Os vocais do Jimmy Farrar ficaram ótimos, ele realmente é um ótimo vocalista, mas a voz rouca do Danny Joe Brown tem uma identidade maior com a banda. Os três guitarristas continuam devorando notas, nadando em timbres e exalando feeling. É mais um ótimo álbum, seus ouvidos merecem ouvi-lo!

Créditos: @AugustoMTRs
Tecnologia do Blogger.