Conheçam o Jason Isbell


Depois de trabalhar como compositor, em 2001, Jason Isbell se juntou ao Drive-By Truckers, na época excursionando para promover o álbum "Southern Rock Opera". Nos seis anos com a banda, Isbell gravou e escreveu com a banda em seus três álbuns, "Decoration Day", "The Dirty South" e "A Blessing and a Curse".

Em 05 de abril de 2007, Isbell anunciou que não era mais um membro do Drive-By Truckers. No dia seguinte, Patterson Hood confirmou a ruptura no site oficial da banda. Em sua carta aos fãs, Hood descreveu a separação como "amigável" e expressou a esperança de que os fãs vão continuar a apoiar o Drive-By Truckers, bem como a  carreira solo de Jason Isbell.

Jason Isbell lançou seu primeiro álbum solo, "Sirens of the Ditch", em 10 de julho de 2007. O álbum foi gravado no FAME Studios, em Muscle Shoals, Alabama. De acordo com a redatora do Washington Post, Catherine Lewis, "Sirens of the Ditch", "tem um som mais bluesy pop" que o trabalho de Isbell com o Drive-By Truckers. O primeiro single do álbum, "Brand New Kind of Actress", lida com a morte de Lana Clarkson, na mansão de Phil Spector. Um outro single, "Dress Blues", refere-se à morte do cabo Matthew Conley, um fuzileiro naval dos EUA da cidade natal de Isbell que foi morto na Guerra do Iraque. "Down in a Hole" narra um conto da região onde Isbell viveu.

Em 2009 ele formou uma banda, Jason Isbell and the 400 Unit, e lançaram o álbum homônimo, "Jason Isbell and The 400 Unit", em 17 de fevereiro pela Lightning Rod Records. Em 2011, Jason lançou o álbum "Here We Rest", no dia 12 de abril de 2011.

Desde que deixou o DBT, Jason é destaque na mídia sempre que lança um novo álbum, mas nada como o que aconteceu em 2013, ano em que ele se casou com a cantora Amanda Shires e lançou o impecável "Southeastern". Foram poucas as listas que ousaram não colocar o álbum do cantor entre os melhores do ano e no Southern Rock Brasil não foi diferente.

Tecnologia do Blogger.