Conheçam a Blues Etílicos


A banda surgiu em 1985 no Rio de Janeiro, sendo formada por jovens de 22 anos de idade. Flávio Guimarães (harmônica), Rodolpho Rebuzzi (guitarra), Otávio Rocha (guitarra), Bernard Christian (bateria) e Cláudio Bedram (baixo), faziam parte da primeira formação da banda. O americano Greg Wilson foi adicionado para ser o vocalista da banda.

O primeiro álbum da banda foi lançado pelo selo independente Satisfaction em 1987 e se chamou "Blues Etílicos". O álbum é composto por músicas em português e inglês, algo comum em todos os álbuns da banda.

"A sensação que tive na hora foi a de estar diante de um grupo que tinha acabado de chegar do Sul dos Estados Unidos, não do Rio de Janeiro, ao estilo dos Allman Brothers: duas guitarras solo. Mas tinha também uma gaita fantástica e uma cozinha - o baixo e a bateria - que segurava todas. Pelo jeito, a "safra de 63" veio para ficar", disse Luiz Fernando C. Vital.

Em 1989, a banda lança seu segundo álbum, "Água Mineral". Após lançar seu segundo trabalho, a banda foi tocar no Festival de Blues, em Ribeirão Preto (SP), abrindo a noite em que Buddy Guy tocou.

Em 1990, sai "San-Ho-Zay" e em 1991, "IV". Em 1994, a banda lança "Salamandra". Em 1997, a banda lança "Dente de Ouro", composto por 17 faixas. Em 1998, é lançado o primeiro Best Of da banda, "The Best Of Blues Etílicos", com 19 faixas covers e autorais da banda.

O primeiro álbum ao vivo da banda, "Águas Barrentas", foi gravado em setembro de 2000 no Sesc Pompéia, São Paulo, mixado por Vitor Farias no Nas Nuvens, Rio de Janeiro, e lançado em 2001. O álbum contém três faixas inéditas: "Luz De Maluco", "Na Pele" e "Camelo".

"Cor do Universo", nono álbum da banda, foi lançado em 2003. "Viva Muddy Waters", até então, último trabalho da banda, foi lançado em 2009. Está explicito no título, esse álbum é uma homenagem a Muddy Watters.

Em 2010, a banda comemorou 25 anos de carreira. O DVD "Blues Etílicos ao vivo no Bolshoi Club", foi gravado no local de mesmo nome em Goiânia no ano anterior. Ao longo dos anos a banda abriu para diversas bandas estrangeiras, como B. B. King, Buddy Guy, Robert Cray, Sugar Blue, Ike Turner, Magic Slim, entre outras.

Em 2012, a banda lançou sua própria marca de cerveja, a Blues Etílicos Hellbier. A cerveja foi lançada no dia 19 de janeiro em um show da banda no Lapa Café, Rio de Janeiro. A cerveja é produzida pela cervejaria Mistura Clássica, em parceria com a banda, com receita desenvolvida pelo Mestre Cervejeiro Severino Batista.

Em 2013, a banda lançou mais um álbum de estúdio, "Puro Malte".

Tecnologia do Blogger.