Soundcloud

17.11.14

Conheçam os sergipanos da Tody's Trouble Band


Tody's Trouble Band surgiu em março de 2011 na cidade de Aracaju, Sergipe com o intuito de trazer diversão e um "troquinho" para os amigos Marcelo Todynho (Baixo Acústico), Demétrio Varjão (Guitarra Rosa) e Romão (Bateria), figuras ilustres e remanescentes de outras bandas notórias da cena rock independente sergipana. 

Além de divulgar o Blues, o Rockabilly e a música antiga de uma forma divertida e nunca antes feita em Aracaju, o trio faz questão de tocar em seu repertório, músicas autorais com letras em português e covers de alguns clássicos da boa música. O que tem feito o público se surpreender e curtir os calorosos e fanfarronicos concertos da banda dos problemas do Tody!

Read

12.11.14

Conheçam o rockabilly da Cry Baby


O Cry Baby é uma banda de neorockabilly formada em 2010 por Caio Vincent, Johnny Glauce e Slim Sam. O propósito desde o início sempre foi agitar, fazer as pessoas dançarem e relembrarem os anos incríveis do rock. A banda conseguiu destaque com shows empolgantes pelas performances agradando até mesmo quem não conhecia o estilo. 

A banda toda é de Cordeirópolis interior de São Paulo onde o Rockabilly é totalmente desconhecido. Foi um desafio no início porque não sabiam se conseguiriam um espaço para seus shows, mas a aceitação do público foi imediata e hoje tocam nas maiores capitais do Brasil. Com seu show Stray Cats tributo foram reconhecidos pelo público fanático de Rockabilly. 

No final de 2010 começaram a gravar suas músicas autorais. Um neorockabilly cantado em português, tendo uma ótima aceitação do público brasileiro e até mesmo dos europeus onde teve suas músicas tocada na rádio web RockabillyRadio no Reino Unido. O Cry Baby é vencedor de concursos importantes como o Vintage Times (São Paulo), Todo Som  (Americana) e F.O.D.A (São Paulo). Até foram selecionados para o garagem do Faustão onde ficaram em segundo lugar na votação popular atrás é claro de uma dupla sertaneja.

Em julho de 2013 participaram do festival WebFestvalda, um dos maiores festivais de música autoral do Brasil, sendo selecionados para tocar no Circo Voador no Rio de Janeiro. No início de 2014, Maurício Gaspar (Nuno Mindelis, Na Contramão, U2 cover Limeira) substitui Slim Sam na bateria, trazendo consigo sua experiência no ritmo shuffle e agregando ainda mais ritmo para banda.

Read

10.11.14

Sai Hellbound Glory, surge Leon Virgil Bowers


De todas as bandas Country que conheci nos últimos, a Hellbound Glory foi a melhor, foi a que me fez procurar mais bandas independentes do estilo. Depois que conheci ela, outras vieram, citei algumas na postagem 19 bandas de Country e Bluegrass que você deve escutar, mas nenhuma superou os caras de Reno, Nevada. Eles lançaram álbuns impecáveis, sem dúvidas estão entre os melhores da cena Country independente, mas a banda chegou ao fim, na realidade só mudaram de nome.

O vocalista e compositor Leroy Virgil era o único membro original da banda, ele era a banda. Agora em novembro ele decidiu mudar os rumos da sua carreira, criando a Leon Virgil Bowers, uma continuação da Hellbound Glory. Logo de cara eles anunciaram uma turnê ao lado do Blackberry Smoke em 2015, será uma grande vitrine para o seu trabalho e podemos esperar ótimas músicas para o ano que vem.

Ontem, 8 de novembro, ele lançou um preview de sua nova faixa, "Ain't Nobody's Business", no bom e velho estilo Hellbound Glory, escutem:

E escutem o som da Hellbound Glory, uma das bandas mais fodas que já existiu:


Read

7.11.14

Conheçam a Bastardos do Rock


Bastardos do Rock traz em seu repertório a paixão pela raiz country americana e o rock n roll. Abrangendo os grandes clássicos como Hank Willians, Johnny Cash, Willie Nelson, Buck Owens, John Fogerty e Alan Jackson. A banda agita também com grandes ícones como Rolling Stones, Chuck Berry, Creedence, Elvis Presley e The Beatles. Um ponto de destaque são as baladas românticas que não podem faltar com Roy Orbison, Temptations e Jhonny Rivers.

Um grande diferencial da banda está na riqueza de timbres e arranjos com o uso de instrumentos raros como Pedal Steel Guitar, Banjo, Mandolim, Dobro e Double Bass 3/4. A banda é formada por Jô (guitarra solo. pedal steel guitar), Dieter (vocal, violão, banjo), Cunha (baixo, double bass) e Ruam (bateria, cajon), e recentemente lançaram a faixa "Não Vou Mudar", que fez parte da última edição da SRB Collection.

Read

6.11.14

Conheçam a Brazilian Blues Band


A primeira formação, Luiz Kaffa, Richard Well, Charles Muniz e Tiago Rabelo começaram tocando covers de Celso Blues Boy, Roberto Carlos e alguma coisa do Barão Vermelho. Foi esta formação que realizou o primeiro show da banda, em meio aos eventos de comemoração do aniversário do Guará, na Casa da Cultura, neste mesmo ano de 1994. A partir daí, mesmo com o reconhecimento da qualidade desta formação, vieram as primeiras mudanças. Hoje a banda conta com Luiz Kaffa (voz e letras), Leonardo Vilela (Guitarra), Célio de Moraes (Contrabaixo Elétrico) Marçal Leones (piano e órgão) e Rafael Paez (Bateria).

Com o início dos trabalhos autorais vieram os primeiros momentos de reconhecimento da qualidade musical da banda e o primeiro indicio de profissionalização com a chegada da Produtora Jussara Duré. Em 1996, o Jornal do Guará destacou em manchete: "Banda Guaraense Classificada em Festival Nacional", anunciando a classificação da Brazilian Blues Band em certame nacional da época, com a música "Feeling", de Luiz Kaffa e Richard Well. Em 1997, com a canção "Harlem Blues" um poema de Cassiano Nunes, musicado por Renato Matos, ganhou vaga na coletânea Prêmio Renato Russo, da Fundação Cultural Do Distrito Federal, e foi parte da trilha sonora,l com participação da banda nas filmagens, do premiado curta "Viva Cassiano", de Bernardo Bernardes. Também em 1997, participou da coletânea "Pra Pirá Brasília" com mais 22 outros artistas nascidos e radicados no Distrito Federal. 

Em 1998, a banda se classifica na terceira colocação do Skol Rock – Etapa Centro- Oeste, com a música Cachaça, Fumaça e Rock n' Roll. A partir de 2001, a banda participou efetivamente do evento de fundação do Clube do Blues de Brasília, quando o Autódromo de Brasília recebeu 2.000 pessoas, que doaram quase duas toneladas de alimentos para entidades carentes do DF. Na ocasião, a banda cedeu instrumento e palco para o guitarrista alemão Joerg Schmidtke. Do encontro veio o convite para apresentações em oito cidades do norte da Alemanha, excursão que ocorreu no final de 2003.

Com a experiência internacional a banda já se sentia preparada para a realização do primeiro registro fonográfico. As composições foram feitas a toque de caixa, vindas de letras escritas por Luiz Kaffa desde o início da banda, com arranjos, em sua maioria, feitos pelo Baixista Célio de Moraes e pelo Guitarrista Leonardo Vilela. 

O CD "Rapadura com Bourbon" foi lançado em 2003, para uma sala Martins Penna do Teatro Nacional lotada. O lançamento nacional teve direito a crítica elogiosa da revista Blues n' Jazz, única do gênero no Brasil, e a lançamento no Bourbon Street, maior casa de shows de blues e jazz da América Latina, no Bairro de Moema, na capital paulista. O lançamento do CD "Rapadura com Bourbon" deu fôlego à banda e serviu de ferramenta à astuta produtora Jussara Duré, que a partir daí conseguiu colocar o quinteto pra tocar em festivais renomados de Blues e Jazz em todo o País. A Brazilian Blues Band tocou nos Festivais Bossa n' Jazz, de Pipa – RN, Vijazz, de Viçosa – MG, Guaramiranga – CE, Festival de Inverno de Pedro II – PI, e no maior festival de blues e Jazz da América latina: o Festival de Blues e Jazz de Rio das Ostras, no Estado do Rio de Janeiro. Não citando aqui as apresentações fora do circuito de festivais em todas as regiões do Brasil. 

Em 2012, depois de um longo e tenebroso inverno fonográfico devido às intempéries da música independente, foi lançado o CD 500 Gramas Blues (música vencedora do I Festival de Música do Guará). O CD traz canções autorais com letras mais maduras, voltadas para o contexto político/social, todas de autoria de Luiz Kaffa, com arranjos de toda a banda, que agora contava com o talento do tecladista Marçal Ponce. As músicas podem ser baixadas gratuitamente na página da banda no Facebook. A banda ainda participou de duas coletâneas paulistas "A Máfia da Mortadela" e "Brazilian Blues Volume II". O avanço na qualidade do trabalho musical da banda, explicitado pelo novo CD, foi essencial para o convite da Guitar Player e para esse momento especial em que a banda vive, com orgulho de representar Brasília pelo Brasil afora. 

Nas comemorações dos 54 anos de Brasília a Brazilian Blues Band dividiu o palco principal com a Nação Zumbi e os Paralamas do Sucesso. Em 2014 a banda faz 20 anos de estrada e tem planos de lançar CD com canções inéditas e DVD ao vivo com material selecionado dos três CDs. Durante o ano o shows serão especiais com uma pegada geral destes 20 anos de Brazilian Blues Band.

Read

5.11.14

Conheçam a Rio Grande Blues


O estado do Mississipi é o berço do que é considerado o mais antigo estilo de blues: o Delta, o qual evoluiu das canções de trabalho no final do século XIX. No idioma do povo Ojibwe, um dos maiores grupos de nativos norte americanos, a palavra Mississipi (Misi Ziibi) é traduzida como Rio Grande.
Já na década de 80, o estado do Texas contribuiu para o resgate do Blues, que tinha sido esquecido por gravadoras, rádios e pelo grande público. O gênero ficou conhecido como Modern Eletric Texas Blues. O mais importante rio que cruza a paisagem árida do deserto do Texas e também serve como marco natural entre as fronteiras de EUA e México, é chamado pelos texanos de Rio Grande (assim mesmo, com a grafia e a pronúncia "latinizadas").

E nessa fusão do tradicional com o contemporâneo que nasce a banda Rio Grande, um projeto que difunde em terras tupiniquins o gênero musical mais antigo e diversificado da cultura norte americana. A banda mescla os subgêneros do blues abrangendo a cultura de mais de um século de evolução musical. Além do Delta e do Modern Electric Texas, estão presentes nas apresentações o Chicago, o Slow, o Detroit, o Urban, o East Coast, o Louisiana, o Funk Blues e o Blues Rock. O repertório é composto por músicas autorais e por releituras e versões de clássicos do estilo.

Após o primeiro álbum, "Rainy Day", no ano de 2011, a Rio Grande está finalizando o próximo disco de músicas autorais. Em breve!!

Read

3.11.14

Escutem o single Rock and Roll Again do Blackberry Smoke


Na realidade o single que a banda ia lançar hoje é esse, "Rock and Roll Again", não "Let Me Help You (Find the Door)".

Escutem o single e deixem suas opiniões:

Read

Escutem o preview de Holding All the Roses, novo álbum do Blackberry Smoke


O dia está agitado para os fãs do Blackberry Smoke. Mais cedo postei um áudio do novo single da banda, "Let Me Help You (Find the Door)", e agora a tarde a gravadora da banda, a Earache Records, lançou um preview das faixas do álbum "Holding All the Roses"!

Confiram o preview:

Read

Escutem Let Me Help You (Find the Door), novo single do Blackberry Smoke


Na quinta-feira, 30 de outubro, foi anunciado na página do Blackberry Smoke no Facebook que um grande anúncio seria feito hoje, 3 de novembro. Escutem a faixa na íntegra:

Escutem também um preview do álbum: http://bit.ly/1obGdgm

Read

31.10.14

Baixem o álbum Burn My Flesh, Roll My Bones da banda The Original Blackjacks


Semana passada a banda The Original Blackjacks lançou o vídeo de seu primeiro single, "The Fella Song". Menos de uma semana depois, a banda de Belo Horizonte lançou seu álbum de estreia, "Burn My Flesh, Roll My Bones", que está disponível para download gratuito. Basta acessar theoriginalblackjacks.com e fazer o download.

O álbum também está disponível no Soundcloud e sigam a banda no Facebook.

Read

30.10.14

Conheçam os catarinenses da Lenzi Brothers


Greg Wilson e Lenzi Brothers tem uma parceria desde 2005, 1 álbum e 1 clipe lançados. O Norte Americano Greg Wilson é um dos precursores do blues no Brasil e integrante da mais popular banda de blues brasileira, recordista em público nos shows e em vendagens de CDs no segmento, a Blues Etílicos. Os irmãos Lenzi são catarinenses, já lançaram 4 discos e 1 DVD ao vivo e começaram a banda em 1996, tocando blues antes de iniciar seu trabalho autoral calçado no rock´n roll e com letras em português. No encarte do CD da parceria há um depoimento do próprio Greg Wilson que conta um pouco da história deste projeto:

"Houve uma vez em que o Blues Etilicos em Florianópolis, Lenzi Brothers abriram a noite. Depois no camarim nos conhecemos e eles nos entregaram alguns CDs com algumas demos de suas músicas. Em casa escutei com atenção e logo percebi de que se tratava de uma banda de muito talento. Suas composições eram repletas de rock, blues e baladas. Músicas muito bem estruturadas com melodias, harmonias e rifs muito marcantes, além de letras boas e com conteúdo. Entrei em contato e sugeri que fizessemos um projeto juntos: Greg Wilson e Lenzi Brothers. Dali em diante fui conhecendo seu vasto repertorio e virei fã número 1. Depois de 8 anos fazendo shows e turnês por SC, PR, RS e SP, sugeri reunir as músicas que mais me marcaram. Entrarmos em estúdio para gravá-las ao vivo, captando a sonoridade de um show, todos juntos. Fiquei muito feliz com resultado e também porque surgiram mais algumas inéditas como: "You were insane", "How to turn you on" e "Rollmops and Beer".

A banda é formada prlo Greg Wilson (guitarra, trompete e voz), Matheus Lenzi (bateria), Samuel Lenzi (baixo) e Marzio Lenzi (guitarra solo).

Vocês podem acessar o site da banda, lenzibrothers.com.br, e baixar todos os álbuns da banda. Caso prefira, escute a discografia da banda no Soundcloud.

Read

23.10.14

Conheçam o som dos mineiros da The Original Blackjacks


Há aproximadamente 10 anos tocando juntos, 4 amigos de faculdade, Igor Breda (vocais, guitarra e teclados), Raphael Ticle (guitarra e backing vocals), Leonardo Lott (baixo) e Pedro Furtado (bateria e backing vocals), integram agora um novo projeto musical chamado The Original Blackjacks

Após três anos ininterruptos de shows em diversas casas noturnas de Belo Horizonte, a banda conseguiu capitalizar a gravação de seu primeiro álbum. "Burn My Flesh, Roll My Bones" é um trabalho recém finalizado que reúne 10 músicas próprias com influências variadas do rock clássico, e tem show de lançamento programado para dia 06/11.

Enquanto a banda não lança o álbum completo, vocês podem curtir o clipe do primeiro single da banda, "The Fella Song". E não deixem de seguir a banda no Facebook e saber de tudo o que rola com a banda: facebook.com/theoriginalblackjacks

Read